PUBLICIDADE

Homem é preso após agredir a esposa e desacatar a equipe da PM de Caarapó

| CAARAPó NEWS


Foto: Divulgação

A Polícia Militar de Caarapó prendeu no final da noite desta quinta-feira (16), um homem de 33 anos acusado de ameaça, resistência, desobediência, desacato e lesão corporal. O fato aconteceu na Rua Projeta I, no bairro Santo Antônio.

De acordo com o boletim de ocorrência da 2ª Companhia Independente da PM de Caarapó, por volta das 23h55, a guarnição foi informada que uma mulher 47 anos teria sido espancada pelo seu marido no referido bairro.

Diante o exposto, os policiais se deslocaram ao local e lá localizaram uma mulher caída na rua com sangramento na face e desmaiada. Na oportunidade, populares informaram quem seria o autor, o qual havia desferido vários socos e chutes contra a vítima e posteriormente empreendido fuga.

A equipe PM solicitou o apoio do Corpo de Bombeiros para o socorro da vítima, a qual foi encaminhada para Hospital Beneficente São Mateus.

Posteriormente, a equipe da PM passou a realizar rondas no intuito de localizar o autor. Passado um tempo, os militares foram informados que ele estava sendo perseguido por populares.

Diante da informação, a equipe deslocou até o local e visualizou o autor empreendendo fuga de bicicleta. Sendo que este ao notar a aproximação da PM deixou a bicicleta e passou a correr a pé, sendo acompanhado e abordado.

Na ocasião o homem não acatou as ordens da polícia e passou a resistir (com socos e chutes), sendo necessário o uso de força moderada para contenção e algemamento. Quando o homem estava sendo colocado no compartimento de preso desferiu um chute no braço direito, vindo atingir um sargento da corporação. Posteriormente ele passou a desferir dezenas de chutes contra a grade do compartimento de preso.

Em ato contínuo o homem continuou à chutar a viatura e proferir ameaças contra a equipe policial dizendo (vou fuder vocês seus otários, na custodia vou fuder, vou dizer que vocês bateram nos meus pés, e outra, não vou ficar preso, quando sair vamos nos acertar, sou PCC seus arrombados, vou pegar vocês e essa biscate e matar ela).

Consta no boletim que o autor estava visivelmente alterado e sob efeitos de substância psicoativa.

A vítima relatou aos policiais que ela tinha medida protetiva, porém, foi retirada pelo Fórum.

Diante o exposto, as partes foram entregues na Delegacia de Polícia Civil, para as providências cabíveis.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE