PUBLICIDADE

Gordo da Tigre lidera intenção de votos em Caarapó, diz pesquisa

| CAARAPó NEWS


Prefeito de Caarapó, André Nezzi (E) e Gordo da Tigre. Foto: Divulgação

O atual vice-prefeito de Caarapó, Leônidas Ignacio Moreno, o "Gordo da Tigre" (PP), foi escolhido nesta semana como pré-candidato oficial do grupo político do atual mandatário André Nezzi (PSDB), que justificou sua escolha através de números de pesquisas internas e por apoio político. O vereador Pipoca (PSDB), que também faz parte do grupo, foi convidado a ser o vice na chapa.

O Jornal Boca do Povo encomendou pesquisa de opinião pública no município, cujo resultado demonstra ligeira liderança de intenção de votos por parte do atual vice-prefeito.

De acordo com o IPR (Instituto de Pesquisas e Resultados), na pesquisa espontânea, quando não são apresentados nomes, "Gordo da Tigre” aparece com 18,48% das intenções de votos. O vereador Pipoca (PSDB) vem logo a seguir com 17,49% e Alessandro Paulino (Republicanos) com 1,32%. Não sabem ou não quiseram responder somou 60,73%.

Já na pesquisa estimulada, quando são apresentados os nomes dos pré-candidatos, “Gordo” lidera com 36,30%, seguido de perto por Pipoca com 34,32%. Alessandro Paulino aparece com 5,94%. Já 5,28% responderam nenhum deles. 18,15% disseram que não sabem ou não quiseram responder.

Rejeição - O instituto também mediu a rejeição para prefeito. Questionado em quem NÃO votaria de jeito nenhum para prefeito, 22,44% disseram em Alessandro Paulino, já 10,24% em Gordo da Tigre e 7,26% em Pipoca. 33,66% não rejeita ninguém; 5,61% rejeita todos os candidatos e 20,79% não sabem ou não quiseram responder.

PREFEITO ANDRÉ NEZZI TEM 90,42% DE APROVAÇÃO

O IPR também mediu a avaliação do prefeito André Nezzi (PSDB), que tem uma das maiores aprovação do Estado. De acordo com a pesquisa, 34,98% consideram a gestão do prefeito tucano como ótima; 42,57% como boa; 12,87% como regular mais positiva, totalizando 90,42% os que aprovam. 5,61% consideram regular mais negativo, 2,64% ruim e 1,32% pessimo, totalizando 9,57% os que desaprovam.

O IPR entrevistou 303 pessoas, acima de 16 anos, moradores na cidade, distritos e aldeia. A margem de erro considerada para essa pesquisa é de 5 pontos percentuais, para mais ou para menos. O intervalo de confiança é de 95%.

A pesquisa foi realizada de 24 a 27/05 e registrada no TSE-MS com o número MS-01269-2024


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE