PUBLICIDADE
Caarapó

Caarapó:Oferta de empregos atrai mão-de-obra da região

Com a expansão industrial que o município atravessa, a oferta de empregos, principalmente na área da construção civil,está acima da demanda em Caarapó.

| A GAZETA


 

A expansão industrial que o município atravessa, com a grande oferta de empregos, principalmente na área da construção civil, está atraindo dezenas de moradores da região que estão deixando as suas respectivas cidades, muitas delas até mudando de forma definitiva para trabalhar em Caarapó.

A cidade, que nos últimos anos teve um aumento populacional de mais de 3,2 mil habitantes, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas) passa por um processo de transformação com a chegada de várias indústrias e novos investimentos, o que transformou Caarapó em um verdadeiro canteiro de obras e com mão de obra escassa.

Além de obras públicas em fase de implantação através de celebração de convênios com órgãos estaduais e federais ou com recursos próprios que por si só já absolve um grande volume de mão de obra, o grande investimento da iniciativa privada, tanto no perímetro urbano, com a construção de casas, novos estabelecimentos comerciais e reformas e ampliação de lojas e estabelecimentos comerciais, como na zona rural, com a instalação de prédios e estruturas para o setor industrial, fez desaparecer a mão de obra disponível no mercado.

“Falta mão de obra em vários setores, mas o que mais precisa de gente é o setor da construção civil. Falta mestre de obra, pedreiro, carpinteiros e até pessoas para realizarem serviços braçais”, informou o secretário de desenvolvimento econômico da Prefeitura de Caarapó Roberto Nakayama que coordena as ações da Agência Pública de Emprego no município.

Demanda só aumenta - Apesar da já existente falta de mão de obra em segmentos como a construção civil e de serviços gerais, a tendência é que esses números só aumentem e se estendam para outras áreas nos próximos meses em Caarapó.

Informações dão conta que na área da construção civil uma nova indústria de grande porte que já está em fase de implantação no município e depois de pronta vai gerar cerca de 1.200 empregos direto, vai abrir mais 100 vagas nos próximos dias e novas vagas de empregos irão surgir em vários setores.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE