PUBLICIDADE
Caarapó

Coluna Fatos & Boatos - Por André Nezzi

Confira a coluna Fatos & Boatos dessa semana, escrita pelo diretor do CaarapoNews André Nezzi.

| CAARAPONEWS


 

Após longo período, Fatos & Boatos está de volta, para alegria de muitos que nos escreveram e conversaram pessoalmente pedindo a volta da coluna, e tristeza de poucos que simplesmente tem pavor da mesma, por um ou outro motivo. Mas vamos ao que interessa

 

Carnaval 2008

Assim como nos últimos 3 anos, o carnaval caarapoense foi um fracasso, aliás sejamos sinceros, o desse ano foi o pior de todos. No primeiro teve 3 blocos participando, no segundo teve 1 bloco grande, no ano passado teve um bloco pequeno e esse ano simplesmente não teve blocos, apenas um grupo alegre que se fantasiou como manda a tradição e mesmo a festa estando com cara de velório, foi a única coisa que se salvou do melancólico carnaval de nossa cidade.

Ginásio 1

Já está mais que comprovado que a população caarapoense não aprovou a mudança de local do evento para o Ginásio de Esportes, e se continuarem insistindo nesse erro em breve não haverá mais carnaval na cidade, talvez seja isso que muitos queiram, mas seria deplorável para a cidade cujo há alguns anos atrás teve um dos melhores carnavais da região.

Ginásio 2

A insatisfação foi tanta que um grupo de jovens com autorização da Polícia Militar resolveu fazer seu próprio carnaval ao ar livre na frente do evento, do lado de fora do ginásio, animados por som-automotivo. Sem ser irônico é bem capaz que na segunda-feira, tenha tido mais gente do lado de fora do que dentro do ginásio.

Menores

Outra polêmica no carnaval foi à proibição da entrada de menores de 16 anos no evento mesmo acompanhados pelos pais. Muitas famílias desistiram de brincar o carnaval, por que não tinham como deixar seus filhos sozinhos em casa. Enquanto isso fora do ginásio, vários menores que saem na rua sem os pais, ficaram até altas horas da madrugada curtindo o som automotivo de frente a festa e ingerindo bebida alcoólica

Fátima

Em meio a toda essa insatisfação, grande parte dos caarapoenses se dirigiu até a cidade vizinha de Fátima do Sul, onde hoje é realizado sem dúvida nenhuma, o melhor carnaval do interior do estado. Bastava uma volta no meio das 20 mil pessoas que se espremiam pela avenida principal da cidade, para dar de cara com alguém de Caarapó.

Cobrança

Além da população que se manifestou através das emissoras de rádio e via internet, o prefeito Mateus Palma foi cobrado sobre o evento na volta do recesso da Câmara Municipal de Caarapó, na última quinta-feira pelo vereador Manézinho, onde ele se fez presente.

Resposta

Em sua resposta o prefeito Mateus Palma admitiu que sua prioridade não é o carnaval, e que prefere priorizar outros setores, deixou claro também que gostaria de ver uma instituição, entidade ou outra pessoa organizando o evento e a prefeitura apenas colaborando como parceiro.

Opinião

Na humilde opinião do colunista que vos escreve o prefeito Mateus apenas deu uma boa desculpa. Outros municípios que também vem passando por grande processo de desenvolvimento também investiram em um belo carnaval, como é o caso de Maracajú, Três Lagoas e a própria Fátima do Sul. O carnaval não pode ser encarado apenas como uma festinha realizada de má vontade apenas para cumprir uma obrigação, o Departamento de Turismo do Município deveria apresentar ao prefeito os efeitos positivos que o carnaval pode trazer a cidade e a sua população se for organizado de maneira séria e profissional. Conversando com comerciantes de Fátima do Sul, todos se mostravam entusiasmadíssimo com o evento, as lojas vendem roupas e acessórios, bares, lanchonetes e similares tem movimento 200 vezes maiores, postos de combustíveis com triplo de consumidores, rede hoteleira lotada, imóveis praticamente todos alugados na semana da festa e fora os empregos indiretos. Ou seja, não se pode ignorar tudo isso, e como já dizia a música dos Titãs; “a gente não quer só comida, a gente quer comida, diversão e arte”.

Organização

Ainda sobre o discurso do prefeito Mateus, de que gostaria de ver uma entidade, ou algo parecido organizando o evento, Fatos & Boatos ficou sabendo que uma rádio da cidade tentou organizar o carnaval desse ano, porém a ajuda da prefeitura seria quase duas vezes menor do que foi gasto para realização da festa no Ginásio e a mesma se propôs a pagar somente após a realização do evento. Ou seja, para quem já trabalhou com realização de eventos sabe que é quase impossível contratar bandas, equipamentos de som sem fazer um adiantamento a eles e cá entre nós oferecer duas vezes menos do que se gastou para realizar o já fraco carnaval desse ano é piada, desse jeito será difícil achar quem se habilite a organizar o evento.

Irritação

Na verdade o que mais irrita boa parte da população é essa conversa de que o evento é realizado no Ginásio para dar maior segurança às pessoas, isso é balela, ou então se realize a virada do ano dentro do ginásio, comícios também devem ser realizados dentro do ginásio, festa do aniversário da cidade dentro do ginásio e shows gospel realizados na praça central, também deveria ser realizado dentro do ginásio.

Tentativa

Como só criticar também é fácil, o CaarapoNews após ouvir o pronunciamento do prefeito que deseja que alguma entidade, rádio ou coisa do gênero organize o evento, se dispõe a partir de agora, caso o prefeito seja reeleito nas próximas eleições a tomar a frente do carnaval em Caarapó. Vamos elaborar uma proposta e encaminhar desde já a prefeitura, pois para que o evento seja realizado da melhor maneira é necessário começar a pensar no mesmo a partir de agora. O CaarapoNews só faz duas exigências. Uma que a festa seja realizada na rua, e a segunda que o apoio da prefeitura seja pelo menos igual ao desse ano, que foi divulgado no diário oficial. O resto, a organização e demais apoio o CaarapoNews corre atrás. A mesma proposta será enviada ao adversário do prefeito nas próximas eleições.

Política

Essa semana Fatos & Boatos ouviu de uma pessoa bastante influente, que disse estar praticamente decidido quem será o candidato à vice na chapa do prefeito Mateus Palma. Assim como Fatos & Boatos apostou desde o ano passado, essa pessoa garantiu que a vereadora Marinalva (DEM) é a escolhida do grupo. Aguardemos.

Vice do outro lado

Na oposição tudo leva a crer que o candidato à vice de Mário Duran (PDT), deve ser do Distrito de Nova América. Quem viver verá.

Pré-candidato

O ex-jogador profissional João Baratella Cavanha, o “Deda” confirmou que é pré-candidato a vereador, e se diz apenas preocupado em não ter seu tapete puxado pelo seu partido, o PSDB que segundo ele não tem se mostrado muito entusiasmado com sua candidatura.

Pré-candidato II

Outro que também já bateu o pé e diz que é pré-candidato a vereador é o Corretor de Gado Cido Reis (DEM). Aliás, Cido tem se mostrado bastante confiante para a disputa ao pleito no legislativo.

Apostas

Na grande maioria das rodinhas que se discute política, uma discussão que vem chamando atenção é a de quais dos atuais vereadores devem voltar reeleitos após a eleição desse ano. A grande maioria crava que dos 9 atuais vereadores, 5 deles se reelegem facilmente, e que os demais terão mais trabalho. Bom o fato é que se vier a se confirmar à vereadora Marinalva (DEM) como vice de Mateus, uma vaga já fica aberta à mudança.

Opinião dos vereadores

Mas segundo os próprios vereadores, eles não acreditam em tantas mudanças. Segundo a grande maioria, por enquanto não há novos nomes “fortes” para concorrer, o que facilita a quem já está na Câmara. Será?

Frase da semana

“É capaz de ter mais gente de Caarapó aqui em Fátima do Sul, do que lá no Ginásio de Esportes”. Anilton Soares dos Reis (28).

 

Por enquanto é só, a semana que vem estaremos de volta com a nossa coluna, se você sabe de alguma fofoca, quer elogiar, criticar ou não concorda com algo escrito nessa matéria mande um e-mail para Caaraponews@hotmail.com (André Nezzi).


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE