PUBLICIDADE
Caarapó

Caarapó descentraliza recursos da merenda escolar

| ASSESSORIA


 

As escolas que integram a rede municipal de ensino de Caarapó passam a gerenciar os recursos da merenda escolar e dos materiais escolares, de limpeza e de expediente a partir deste ano. Leis de iniciativa do Poder Executivo municipal, aprovadas pela Câmara de Vereadores no ano passado e em 2008, regulamentam a descentralização.

Na última quarta-feira, foram assinados os convênios de repasse dos recursos da merenda escolar para as unidades escolares. A cerimônia reuniu presidentes das Associações de Pais e Mestres e o secretário municipal de Educação e Esportes, Ismael Martins Guevara, no gabinete do prefeito Mateus Palma de Farias (PR). As escolas vão receber no decorrer deste ano, entre verba federal e recursos municipais, R$ 390.774,00 para a merenda. A verba para a compra de materiais escolares, de limpeza e de expediente soma R$ 158.763,50. Os convênios dessa modalidade foram assinados em fevereiro.

Guevara informou que a execução dos convênios terá acompanhamento do Conselho de Alimentação Escolar e do Conselho Escolar de cada unidade. “Estamos capacitando os nossos conselheiros para que façam um acompanhamento do processo de execução dos gastos com conhecimento de causa”, afirmou o secretário. Ele informou ainda que a rede municipal de ensino possui uma nutricionista para elaborar os cardápios da merenda escolar em cada unidade de ensino.

Em relação à descentralização dos recursos, Guevara observou que essa iniciativa proporciona às escolas uma autonomia para gerir os seus gastos, “atendendo as necessidades e peculiaridades de cada unidade escolar, conforme os hábitos alimentares dos alunos”. “O prefeito Mateus Palma de Farias hipotecou seu total apoio ao projeto de descentralização dos recursos, em conjunto com a Câmara de Vereadores, o que possibilitou a concretização da idéia de repassar às escolas a gestão da verba escolar”, destacou.

Na solenidade de assinatura dos convênios, Mateus Palma de Farias observou que a descentralização dos recursos vai permitir uma maior qualidade da merenda escolar, pois terá a participação direta da comunidade, representada pelas APMs, com acompanhamento dos conselhos. “Esse é um trabalho que merece ser destacado, pois se trata de uma doação voluntária”, comentou o prefeito.

A rede municipal de ensino de Caarapó tem 3.085 alunos em cinco centros de Educação Infantil e quatro escolas de Ensino Fundamental.

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE