PUBLICIDADE
Caarapó

Caarapó realizou mini-maratona no dia 1°

Caarapó promoveu no último dia 1° de maio a VI Mini-maratona do Trabalhador. Sessenta atletas percorreram uma distância de seis mil metros pelas ruas centrais da cidade.

| ASSESSORIA


 

O Departamento de Esportes de Caarapó promoveu no último dia 1° de maio a VI Mini-maratona do Trabalhador. Sessenta atletas percorreram uma distância de seis mil metros pelas ruas centrais da cidade, com saída defronte à Feira do Produtor.

Os atletas foram divididos em categorias por faixa etária. O campeão de cada categoria recebeu uma bicicleta como prêmio. O segundo e o terceiro colocado foram premiados com uma bola do Projeto Bola na Mão (bolas confeccionadas pelos internos da cadeia pública local).

Ganhadores

A VI Minimaratona do Trabalhador apresentou o seguinte resultado:

12 a 16 anos - Masculino: 1° - Paulinho de Souza; 2° - Alex Junior; 3° - Roberinho Mendes.

17 a 30 anos Masculino: 1° - Wagner Pelegrine; 2° - Antônio Gilson; 3° - Dione Aparecido.

31 a 40 anos Masculino: 1° - Sergio Andrade; 2° - Sebastião Valadares; 3° - Laerte José.

41 a 50 anos Masculino: 1° - José Marques Neto; 2° - Valmor Francisco; 3° - Antônio Carlos;

51 anos acima: 1° - Hernandes Gomes; 2° - Antônio Leivino; 3° - João Ferreira

12 a 30 anos Feminino: 1° - Tóia Verón; 2° - Daiane Serrano; 3° - Artemiza.

A competição teve ainda a participação especial do atleta douradense Antenor Alves Moreira, que fez o percurso em 19 minutos e meio. A corrida só era válida, a título de premiação, para atletas residentes em Caarapó. O caarapoense Wagner Pelegrine chegou apenas 40 segundos depois de Moreira.

“Apesar da chuva fina que caía sobre a cidade na hora da competição, e que de certa forma atrapalhou a corrida, podemos afirmar que a mini-maratona atingiu o seu objetivo, que era promover uma grande confraternização entre os maratonistas caarapoenses”, afirmou Alex Aparecido Elias, chefe do Departamento de Esportes de Caarapó. Ele acrescentou que a cada ano se nota uma evolução do nível técnico dos atletas. “O mais importante, porém, é que dezenas de corredores participaram, transformando a corrida em uma grande festa do esporte”, concluiu.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE