PUBLICIDADE
Caarapó

Índigenas liberam MS-280 em Caarapó

Os índigenas que protestavam contra a retirada das urnas eletrônicas da Aldeia Tey Kue de Caarapó liberaram a rodovia MS-280 no final da tarde de quinta feira.

| CAARAPONEWS


 Os indígenas liberaram por volta das 17:00 horas a rodovia MS-280, entre Caarapó e Laguna Carapã. O bloqueio na MS-280 começou hoje por volta das 8 horas e terminou na tarde de hoje pacificamente com a liberação do refém, um oficial de Justiça, que tinha sido retido na Aldeia Tey Kue, em Caarapó.

 Os indígenas da Aldeia Tey Kue protestavam contra a desativação da seção eleitoral, onde cerca de 1,6 mil indígenas costumam votar em eleições gerais e outras.

 Segundo o cacique Zenildo Isnardi, a alegação é de que haveria compra de votos e que os indígenas estariam sendo manipulados para favorecer determinados grupos políticos.

 Nas eleições para prefeito em 2004 o atual prefeito de Caarapó, Mateus Palma de Farias (PR), só chegou à vitória após o resultado das urnas da aldeia, onde após ter sido derrotado no município e outros distritos, Mateus obteve votação esmagadora na aldeia com mais de 90% dos votos válidos o que lhe garantiu a vitória.

 Na eleição para o governo do estado no ano passado, o atual governador André Puccineli que também venceu dentro do município de Caarapó, obteve apenas 8 votos na aldeia, contra 717 de Delcídio do Amaral o que aumentou as suspeitas de fraude ou manipulação de votos no local.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE