PUBLICIDADE
Caarapó

Alimentos Funcionais: A busca por mais saú- Por Paula Luisa

Alimentos Funcionais: "A busca por mais saúde e bem-estar"-Por Paula Luisa

| CAARAPONEWS


  

Sabe-se que os alimentos têm propriedades funcionais porque são ricos em diversos nutrientes essenciais ao organismo e que podem ajudar a diminuir o risco de doenças e auxiliar na manutenção da saúde.

No entanto, influenciada por diversos fatores, em alguns casos, a alimentação diária não consegue garantir todas as necessidades nutricionais do corpo humano, sendo a suplementação uma alternativa segura para suprir tal deficiência.

Uma opção para garantir essas necessidades diárias são as cápsulas oleosas, como:

=> Óleo de Linhaça: Principal fonte de ácido α - linolênico (ácido graxo pertencente à família ômega 3), ácido linoléico (ômega 6), ômega 9 e vitamina E. Uma dieta pobre em nutrientes presentes no óleo de linhaça favorece o desenvolvimento de hipertensão, queda do sistema imunológico, deficiência na cascata da coagulação, tensão pré-menstrual, mastalgia, hiperlipidemia, além de exacerbar processos inflamatórios, uma vez que o óleo de linhaça é conhecido como um antiinflamatório natural do organismo.

=> Óleo de Fígado de Bacalhau: Excelente fonte natural de vitaminas A e D e ômega-3 para o organismo. A carência desses nutrientes favorece ao acúmulo de colesterol e triglicérides no sangue, obesidade, celulite e flacidez, além de prejudicar a reabsorção óssea de cálcio, enfraquecer o sistema imunológico e diminuir a acuidade visual.

=> Óleo de Alho: O óleo de alho é um germicida natural É efetivo contra germes e bacilos causadores de diversos males, além de ser desintoxicante. A carência de seus componentes no organismo pode causar um baixo estímulo nas glândulas de secreção interna, diminuir a resistência orgânica, estimular a hipertensão e dificultar o processo circulatório, além de aumentar os níveis de colesterol no sangue e susceptibilidade a gripes, resfriados, reumatismo e diabetes.

=> Óleo de Prímula: Rica fonte de ácido gamalinolênico (GLA), essencial à manutenção do equilíbrio orgânico e bastante escasso nos hábitos alimentares. A carência dos nutrientes do óleo de prímula no organismo feminino pode agravar as alterações físicas e emocionais da tensão pré-menstrual (TPM), como irritação, estresse, insônia, cólicas menstruais, inchaço nos seios e retenção de líquidos. Na pele, a falta desses nutrientes prejudica a elasticidade e hidratação cutânea, enfraquece as unhas e deixa os cabelos sem brilho.

=> Ômega 3: Rico em ácidos graxos poliinsaturados essenciais do tipo ômega 3. Uma dieta pobre em ômega 3 favorece o desenvolvimento de doenças crônicas cardiovasculares, diabetes tipo II, hiperlipidemia, artrite reumatóide, artrose, enxaqueca, asma e psoríase. A carência no organismo desses nutrientes pode prejudicar a neutralização dos radicais livres provenientes da gordura trans dos alimentos.

=> Lecitina de Soja: A soja é a mais rica fonte natural de lecitina, utilizada pelo corpo para construir grande parte dos tecidos nervosos e cerebrais. A carência de seus nutrientes pode elevar os níveis sangüíneos de colesterol e triglicérides, levando ao acúmulo dessas substâncias no organismo, prejudicando a capacidade de raciocínio, o controle muscular e a incidência de arteriosclerose.

Para maiores informações, os farmacêuticos da Farmácia Popular de Manipulação encontram-se disponíveis para sanar suas dúvidas.

*Paula Luisa Cusinato Leitão, farmacêutica responsável pela Farmácia Popular de Manipulação. Av. Marcelino Pires, 1650 Centro, fone: 3423-8383/8585


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE