PUBLICIDADE
Caarapó

Cido quer bonificação para condutores de veículo escolar

O Vereador Aparecido dos Santos (PR), presidente do legislativo, encaminhou expediente, solicitando, a bonificação aos motoristas de veículo escolar que pernoitam no final de linha.

| ASSESSORIA


  

O Vereador caarapoense Aparecido dos Santos (PR), presidente do legislativo, encaminhou expediente ao prefeito Mateus Palma de Farias e ao secretário de educação municipal Ismael Martins Guevara, solicitando aos mesmos, bonificação aos motoristas de veículo escolar que pernoitam no final de linha.

Segundo Cido Santos, “estamos solicitando ao prefeito e ao secretário estudos no sentido de viabilizar o pagamento de abono no valor de 01 (um) salário mínimo aos condutores de veículos escolares que pernoitam no final de suas linhas, lembrando que estes servidores, além de proporcionarem economia aos cofres públicos, ficam ausentes de seus familiares, justamente para contribuir com as normas implantadas”, diz Cido.

Desta forma, o vereador acha justo que estes servidores recebam este benefício em contra partida e até mesmo como reconhecimento pelos trabalhos prestados.

“Por isto estamos solicitando ao prefeito que envie a esta Casa de Leis um projeto tornando este abono em Lei, o que evitaria a destituição deste benefício em administrações futuras”, enfatiza o vereador.

Ressalta ainda  que a atual administração tem procurado de todas as formas possíveis à valorização dos servidores, tentando desta forma enquadrar seus vencimentos dentro da realidade necessária para que os mesmos fiquem contente com os seus salários, porém como a defasagem é muito grande, tendo em vista que as administrações anteriores não vinham atualizando os aumentos, sobrou agora para o prefeito Mateus fazer esta atualização, fato que gradativamente vem ocorrendo, inclusive sendo constantemente discutido este assunto, e “acreditamos que em breve os salários de todos os servidores estarão sendo devidamente atualizado, o que sem dúvida nenhuma será um grande feito desta administração, que tem sempre pautado pela seriedade e transparência de seus atos”, finaliza Cido Santos.

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE