PUBLICIDADE
Caarapó

“Dedé” será julgado hoje por morte de prefeito de Juti

| DOURADOSAGORA


 

José Carlos Morales, conhecido como "Dedé", será julgado novamente pela morte do prefeito de Juti, Donizette Ferreira da Costa, que aconteceu no dia 19 de agosto de 2002 com um tiro na cabeça. O julgamento acontece no Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, em Campo Grande, às 14h.

No primeiro julgamento em Caarapó, "Dedé" teve absolvição sumária. O Ministério Público requereu que ele fosse pronunciado ao júri. A defesa do réu será feita pelo advogado Felipe Cazuo Azuma.

"Vamos sustentar a absolvição como do primeiro julgamento. Mesmo porque o réu não provocou a briga e sim o então prefeito de Juti, Donizette, que o chamou até a sua casa e começou a bater no Dedé com um reio. Depois, com a ajuda de dois homens encapuzados, ele foi agredido com pedaços de pau. Para se defender, ele tentou fugir. Como não conseguiu, desferiu um tiro que acertou a cabeça de Donizette. E isso foi legítima defesa", observou o advogado. O julgamento será realizado pela 1ª Turma Criminal do TJMS.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE