PUBLICIDADE
Caarapó

Preso em Dourados acusado de manter boca em Caarapó

Polícia prende Cristiano Aparecido da Silva (20), dono de "boca de fumo" e acusado de ser autor de homícidio em maio na cidade de Caarapó.

| CAARAPONEWS


 

A Polícia Civil de Caarapó e policiais do Serviço de Investigação Geral (SIG) de Dourados prenderam na tarde de sábado (26), em Dourados, um homem acusado de manter um ponto de comércio de drogas na cidade de Caarapó. Cristiano Aparecido da Silva, de 20 anos, foi preso na casa de um amigo na Rua das Araras, Jardim Vista Alegre, em Dourados.

Na manhã de sábado, na casa de Cristiano Aparecido da Silva, de 20 anos, os policiais apreenderam crack e prenderam duas mulheres, a esposa dele - uma jovem menor de idade - e a mãe, Maria Aparecida da Silva. Conforme a polícia, Cristiano era procurado, acusado de um homicídio ocorrido no dia 05 de maio em Caarapó. A vítima, Muller de Souza Moraes (18), o “Gordinho” como era conhecido, foi encontrado morto numa estrada vicinal e seria dependente químico.

Cristiano foi preso e encaminhado para a Delegacia da Policia Civil de Caarapó.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE