PUBLICIDADE
Caarapó

Caminhão com destino a Caarapó tomba na MS-156

Um caminhão carregado com cerca de 8 mil tijolos de seis furos que descarregaria em Caarapó, saiu da pista ao ter o eixo traseiro danificado ao passar por um buraco, na manhã desse sábado (9) na rodovia MS-156.

| A GAZETA


 

Vilson Nascimento

Um caminhão carregado com cerca de 8 mil tijolos de seis furos saiu da pista ao ter o eixo traseiro danificado ao passar por um buraco, na manhã desse sábado (9) na rodovia MS-156, trecho que liga Amambai a Caarapó.

O acidente aconteceu por volta das 5h na altura da ponte sobre o Córrego Panduí, a cerca de 7 quilômetros da cidade em Amambai.

Segundo o motorista do caminhão, Luiz Haroldo Fonseca de 36 anos, residente em Ponta Porã, na fronteira com o Paraguai, ele seguia de Ponta Porã em direção a Caarapó, onde descarregaria, mas ao passar por um buraco na rodovia, na altura da ponte sobre o Panduí, o caminhão, um Mercedes Benz 1113 de cor azul, placas HQR 3215 de Ponta Porã-MS teve um dos eixos traseiros, lado direito, danificado e o veículo acabou ficando completamente fora de controle.De acordo com o motorista o caminhão só não caiu de uma altura de aproximadamente quatro metros, dentro do córrego, porque “chicoteou” no guard-rail de concreto da ponte.

O caminhão acabou ficando “pendurado” às margens da rodovia e a carga que era transportada, ficou completamente destruída, já que com o impacto, a carroceria do veículo de carga se abriu e espalhou os tijolos às margens da rodovia estadual.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros de Amambai esteve no local do acidente, mas Luiz Haroldo, que sofreu apenas um ferimento em uma das pernas e mancava um pouco, fruto de uma pancada sofrida durante o acidente, nem precisou ser encaminhado a um hospital. A PRE (Polícia Militar Rodoviária Estadual) também registrou a ocorrência.

Rodovia foi inaugurada há dois anos- O trecho da rodovia MS-156 onde aconteceu o acidente, entre Amambai e Caarapó é um exemplo claro da irresponsabilidade e o mau uso do dinheiro público.O asfalto da rodovia foi inaugurado em 2006, há apenas dois anos, mas em vários trechos já apresenta problemas como buracos, falhas de sinalização e asfalto se deteriorando.

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE