PUBLICIDADE
Caarapó

Oficiais de justiça de Caarapó já lançam certidões no SAJ

A Comarca de Caarapó entrou para a história do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul. Na comarca, foi instalado o primeiro sistema que possibilita aos oficiais de justiça os recebimentos dos mandados e o lançamento de informações sobre diligência d


 

A Comarca de Caarapó entrou para a história do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul. Na comarca, foi instalado o sistema que possibilita aos oficiais de justiça os recebimentos dos mandados e o lançamento de informações sobre diligência diretamente no Sistema de Automação Judiciária (SAJ). Esta é a primeira comarca do Estado a receber esse serviço que, de acordo com o Chefe de Seção do 1º Grau do DAJ, Antônio Rodrigues Filho, o “Miele”, em breve chegará a outras comarcas.

Para o oficial de justiça, Martimiano Duarte, o trabalho ficou bem prático e rápido, considerando que o próprio oficial responsável pelo trabalho, lança toda a movimentação. Ao mesmo tempo, as partes interessadas têm o andamento completo instantaneamente.

O serviço chega à comarca junto com a instalação da nova versão do Sistema de Automação Judiciária (SAJ), versão PG5, iniciado no dia 16 de junho de 2008. Uma equipe formada por servidores de diversas comarcas, sob a orientação de Miele, ficou uma semana na comarca para a migração e ajustes dos sistemas. Agora, outra equipe está no fórum para acompanhar a prática dos servidores.

O juiz Waldir Peixoto Barbosa, diretor do Foro, destaca que a versão PG5 é um avanço tecnológico importante, pois simplifica e moderniza todo o sistema de trabalho. Quem ganha com esses investimentos é o cidadão, que tem uma prestação jurisdicional mais ágil. “O próximo passo é a virtualização efetiva dos processos”, destaca o juiz, acrescentando que as principais mudanças ocorrem especialmente no cartório.

O escrivão da 1ª Vara, Junho César da Silva, que trabalha com a Controladoria de Mandados, afirma que agora, com os cinco oficiais de justiça operando diretamente no sistema, não há mais o retrabalho para lançar os andamentos produzidos nos mandados. Ele destaca também a importância da Comarca de Caarapó poder contribuir no desenvolvimento desta nova prática dos oficiais descreverem os atos no SAJ.

PG5 – A versão PG5 é mais moderna que as versões anteriores, pois trabalha com um sistema de três camadas. A principal diferença desse sistema é que, em vez de os computadores trabalharem com os programas executados pela rede, cada computador tem seus programas executáveis instalados na própria máquina, e somente acessam os dados pela rede. Isso significa que o computador só usa a rede para enviar e receber dados, o que aumenta sensivelmente a velocidade do trabalho.

Hoje, em Mato Grosso do Sul, já são 24 comarcas com o SAJ versão PG5, e Caarapó é a primeira a dispor do sistema para os oficiais de justiça. As próximas a receber a nova versão são o juizado das Moreninhas, na Capital, a Comarca de Bataiporã e Ponta Porã.

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE