PUBLICIDADE
Caarapó

Investigações levantam pistas de crime ocorrido 97

Delegado Joel (Foto acima) acha que mandante do crime de Anderson "Bugão" pode ser o mesmo de outro assassinato que ocorreu em 1997 em Caarapó

| A GAZETA NEWS


 Vilson Nascimento

 O trabalho de investigações desencadeado pela Polícia Civil de Caarapó no caso do assassinato do produtor rural Anderson Cleber Amaral de 34 anos, assassinado com um tiro na nuca dentro do prédio da Funasa (Fundação Nacional de Saúde) no dia 8 de fevereiro desse ano em Caarapó, acabou contribuindo para as investigações de outro assassinato ocorrido há 9 anos na cidade onde teve como vítima, Nelson Rojas.

 Nelson foi assassinado com vários tiros dentro de seu próprio carro, um Gol de cor vermelha, próximo à saída para Juti e até agora o crime não havia sido elucidado.

 Segundo o delegado titular de Polícia Civil de Caarapó, Dr. José Joel da Silva, que comanda as investigações dos dois casos, durante os trabalhos de investigação do assassinato recente, a polícia cruzou informações e descobriu que crime ocorrido em 1997 também estava relacionado a questões passionais e inclusive não está sendo descartada a possibilidade da ligação de um homicídio com o outro, ou seja, partido dos mesmos mandantes.

 “Estamos concluído as investigações e esperamos desvendar os dois homicídios em breve”, relatou Dr. Joel.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE