PUBLICIDADE
Caarapó

Jovem morre após 12 dias internada na UTI

Faleceu na madrugada desta quarta-feira (12), no hospital Evangélico na cidade de Dourados, a jovem caarapoense Jaqueline de Santana Ramos, de 19 anos, que se feriu gravemente em um acidente ocorrido no último dia 30

| CAARAPONEWS


 

Faleceu na madrugada desta quarta-feira (12), por volta da meia-noite no hospital Evangélico na cidade de Dourados, a jovem caarapoense Jaqueline de Santana Ramos, de 19 anos, que se feriu gravemente em um acidente ocorrido no último dia 30 de outubro, na rodovia BR-163 próximo a Caarapó, quando viajava ao lado de seu noivo, Márcio Nunes Zafalon, de 24 anos.

Jackeline ficou internada durante 12 dias, mas acabou não resistindo aos ferimentos. Ela estava noiva e iria se casar em janeiro; na ocasião, ela seguia até a cidade de Dourados para comprar enxovais para o casamento.

O corpo de Jaqueline será velado no SIMTED (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação).

A equipe do CaarapoNews deixa aqui sua moção de pesar a família da jovem. Que Deus na sua infinita bondade lhes dêem o descanso eterno e merecido, principalmente o devido conforto aos familiares neste momento de angustia e tristeza irreparáveis.

O Acidente –A imprudência do motorista Leoni Rocha Sena Júnior, de 24 anos, motorista do veículo GM D20, de cor preta, placa AEN4551 de Dourados/MS, acoplada a uma carretinha que tinha sobre ela um motor, ao tentar ultrapassar um veículo Scania, resultou num violento acidente frontal com um VW/Saveiro, placas DCD9700, de Caarapó/MS, conduzido por Márcio Nunes Zafalon, de 24 anos, que tinha como acompanhante a noiva Jakeline de Santana Ramos, de 19 anos e uma criança de oito anos.

Marcio seguia sentido Caarapó/Dourados e em sentido contrário vinha Leoni, morador no Jardim Ouro Verde, em Dourados. Próximo a Caarapó, sentido Nova América, ocorreu o acidente.

Populares que viram o acidente se esforçaram para socorrer e retirar das ferragens Márcio e a criança de oito anos que foram encaminhados ao hospital de Caarapó. Jaqueline, que ficou presa às ferragens, levou maior tempo para ser retirada. O que só aconteceu com a chegada de uma equipe do 2º Grupamento de Bombeiros de Dourados. Após a retirada, que levou 20 minutos, ela foi encaminhada com lesões na cabeça e fratura na perna e braço direito ao hospital de Caarapó e assim como Márcio, que sofreu lesão no tórax, foram transferidos para Dourados. A criança sofreu ferimentos leves na cabeça e também foi medicada em Caarapó.

O motorista da D20, Leoni, apesar da violência do impacto, não sofreu nenhum arranhão. Ele foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil por um investigador e em declarações, confirmou que foi o causador do acidente. Após ser ouvido, ele foi liberado.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE