PUBLICIDADE
Caarapó

Três pessoas foram presas após atacarem policiais em Caarapó

Três pessoas foram presas na madrugada deste domingo (30), na Avenida Duque de Caxias no centro de Caarapó após atacarem um grupo de policiais militares da cidade.

| CAARAPONEWS


 

Três pessoas foram presas na madrugada deste domingo (30), na Avenida Duque de Caxias no centro de Caarapó após atacarem um grupo de policiais da cidade, segundo relata a Polícia Militar. A confusão começou quando os PMs flagraram na área central do município um VW/Gol, de cor vermelha, placas JMJ-1267, dirigido por Givaldo Espíndola, de 26 anos, em manobras arriscadas e com som em alto volume.

Ao ser abordado ele e o casal Genivaldo Andrade, de 27 anos, e Rosana Furlaneto, 32 anos, começaram a arremessar garrafas e latas de cerveja contra os policiais, atingindo também a lataria do carro da PM.

Segundo a Polícia Militar, o grupo teria ainda incitado outras pessoas que estavam no local a agredir os policiais, com xingamentos como “ladrões” e “porcos”, além de fazer ameaças. “Não vamos deixar prender ninguém, eles são só 3 e nós somos bastante”, detalha o boletim de ocorrência.

Mesmo assim, os três foram dominados e submetidos ao teste do bafômetro que apontou quantidade de álcool superior ao permitido no sangue do motorista. Diante dos fatos ele foi detido e encaminhado até a Delegacia de Polícia Civil, onde foi autuado pelo delegado, Joel José da Silva, por dirigir embriagado e teve que pagar fiança de R$ 2 mil para ser liberado. Genivaldo e Rosana também foram autuados em flagrante por danos contra o patrimônio público, desacato, agressão e perturbação do sossego alheio, eles pagaram fiança de R$ 500 cada e também foram liberados para responder o processo em liberdade.

A Polícia Civil ainda está atrás de Eliane Pereira da Silva, que segundo os PMs também teria participado do ato de vandalismo. O veículo e o som automotivo continuam apreendidos e só deverão ser liberados por ordem judicial.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE