PUBLICIDADE
Caarapó

Seca ocasiona perdas de até 15 % em Caarapó

Falta de chuvas, que assola Caarapó desde o dia 9 de novembro, vem comprometendo o desenvolvimento da soja


 

O município de Caarapó, segundo o Sindicato Rural, cultiva atualmente uma área de 76 mil hectares, com o plantio de soja. Em sua maioria, a cultura é cultivada em solos de textura argilosa, de boa fertilidade natural, propícios ao bom desenvolvimento da lavoura.

Porém, a falta de chuvas, que assola o município desde o dia 9 de novembro, vem comprometendo esse desenvolvimento. No momento, conforme análise de técnicos, as perdas mais graves são registradas nas áreas cultivadas com soja de ciclo precoce e nas últimas lavouras plantadas. As cultivares de soja com ciclo precoce apresentam um período juvenil mais curto, sendo que nessas áreas, as lavouras estão com o desenvolvimento comprometido.

Os técnicos explicam que, a cultura já está entrando na fase de floração e formação de vagens, apresentando porte bastante reduzido, comprometendo o potencial produtivo. Já nas áreas plantadas, após a última chuva, a seca tem ocasionado problemas no estabelecimento da cultura, comprometendo a emergência das plantas e, conseqüentemente, a obtenção de um bom stand.

De acordo com os técnicos, estima-se que as perdas no município já estejam em torno de 15%, devido à estiagem.

A situação é preocupante devido aos altos custos de produção da lavoura. Caso as chuvas não normalizem nos próximos dias e as perdas se agravem, a receita poderá não cobrir os custos de produção, afirma a diretoria do Sindicato Rural.

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE