PUBLICIDADE
Caarapó

Carroceiro é preso após espancar cavalo até a morte

| CAMPO GRANDE NEWS


 

O carroceiro Célio Martins Schneider foi preso em Batayporã, na última quarta-feira, após matar, por espancamento, o próprio cavalo.

A Polícia Militar Ambiental foi acionada sob denúncia de que o animal estava sofrendo maus tratos e ao chegar na casa do carroceiro, os policiais encontraram o cavalo nos fundos da residência, já morto e com ferimentos que indicavam espancamento.

O carroceiro tentou fugir, mas acabou preso. Ele foi multado em R$ 3 mil e preso. A pena por maus tratos a animal doméstico é de até um ano. Com a morte do animal, o crime se agrava e poderá sofrer aumento de pena de um terço a um sexto.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE