PUBLICIDADE
Geral

Bolívia exige teste de Aids de estudantes do Brasil

| FOLHA ONLINE


Estudantes brasileiros que vivem em Cochabamba, na Bolívia, têm recebido tratamento degradante de autoridades consulares locais. Entre as medidas polêmicas está a obrigação de comprovar, uma vez por ano, que não estão infectados pelo vírus HIV para renovar o visto.

A informação foi repassada pelos próprios estudantes a uma delegação de deputados federais que visitou a Bolívia no mês passado. Raul Jungmann (PPS-PE), um dos integrantes da comitiva, relata o que ele e seus colegas viram ouviram em Cochabamba.

Na Univalle (Universidad Privada Del Valle) há cerca de 400 brasileiros matriculados no curso de Medicina. à comitiva de políticos brasileiros, os estudantes dizem que "todos os anos, temos que nos submeter a um teste de Aids. Sem isso, não nos deixam ficar. Não podemos renovar os nossos vistos".

O teste anti-Aids não é o único constrangimento imposto aos brasileiros. Para ter os vistos renovados, eles também são vítimas de achaques e humilhações. Os deputados prometeram levar as queixas dos estudantes às autoridades do governo companheiro de Evo Morales.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE