PUBLICIDADE
Política

Delcídio diz que não guarda ódio e quer união com Zeca

| CAMPO GRANDE NEWS


O senador Delcídio do Amaral (PT-MS) disse nesta terça-feira que tem feito esforço para unificar o partido. As duas principais lideranças do PT, Delcídio e o ex-governador Zeca, ensaiam uma aproximação depois de longo período de divergências relacionadas às eleições e a briga por espaços dentro do partido.


Delcídio demonstrou ainda otimismo na possibilidade de ter o PT unido. “Estou conversando com todas as lideranças do PT. Não tenho falado diretamente com o ex-governador, mas há um esforço grande de unir o partido, independente de divergências. Temos que trabalhar neste sentido”, afirmou em entrevista à FM Capital.


O congressista disse ainda que a união do partido é uma responsabilidade das principais lideranças e que não guarda mágoa de Zeca. “Não guardo ódio na geladeira”, afirmou.


Para Delcídio, a união com Zeca é imprescindível para a sobrevivência do PT. “Nas últimas eleições sofremos as conseqüências dessa divisão. Entendo que desafio pela união é crucial, é fundamental”, disse.

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE