PUBLICIDADE
Agronegocios

Empresários do setor sucroalcooleiro freiam investimentos em MS

| CAPITAL NEWS


Nem mesmo a atividade que registra as projeções mais otimistas em Mato Grosso do Sul escapou das consequências crise na economia mundial. Empresários do setor sucroalcooleiro frearam investimentos no Estado. Pelo menos três projetos de instalação de usinas previstos para este ano foram adiados para 2010. O corte nos recursos que seriam aplicados este ano é estimado entre 30% e 40%.


A implantação de uma usina requer cifras milionárias – algo em torno de R$ 300 a R$ 400 milhões por unidade – e geralmente atreladas a financiamentos bancários. Por isso, em época de instabilidade financeira, a saída que alguns empresários encontraram para não sucumbir à crise foi adiar a implantação de novas unidades. Isso, conforme autoridades do Estado, não deve comprometer o futuro do setor sucroalcooleiro.



Apesar dos cortes nos investimentos previstos para este ano, eles vão acontecer em 2010, já que o projeto de muitas dessas usinas já começou, arrendando áreas para a instalação – diz a secretária de Produção de Mato Grosso do Sul. Tereza Cristina da Costa Dias.


Atualmente funcionam 14 usinas de álcool e açúcar no Estado. Pelo menos 80 novos projetos de instalação já foram encaminhados à Secretaria de Produção. A expectativa é de que destes, 28 estejam implantados até 2012.

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE