PUBLICIDADE
Caarapó

Produtores de leite de Caarapó recebem equipamentos

As associações de produtores de leite acabam de receber três resfriadores de leite.

| CAARAPONEWS/ASSESSORIA


As associações de produtores de leite do Boi Jaguá e Poíque acabam de receber três tanques resfriadores de leite. A solenidade de entrega dos equipamentos foi realizada na manhã da última sexta-feira (06), no pátio da prefeitura de Caarapó.

Os recursos (R$ 47 mil) para compra do equipamento foram viabilizados pelo deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT) junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, com contrapartida do Município (R$ 4 mil), e somaram R$ 51 mil. As sobras serão aplicadas em outras ações no setor leiteiro. A ação beneficia 130 produtores das regiões do Boi Jaguá e Poíque, responsáveis por uma produção anual de quatro milhões de litros de leite.

Dagoberto Nogueira foi representado na solenidade pelo chefe de gabinete do parlamentar em Brasília, Carlos Brum, que reafirmou o compromisso do deputado em trabalhar pela liberação de recursos para Caarapó. “A parceria de Dagoberto com Caarapó vem de longe, desde a época em que ele foi diretor do Detran e secretário de Segurança de Mato Grosso do Sul”, discursou Brum. O assessor informou ainda que o parlamentar destinou emenda de R$ 300 mil do Orçamento Geral de União de 2009 para obras de drenagem pluvial e pavimentação asfáltica em Caarapó. Outra emenda do parlamentar destina 25 casas populares para o Município.

Em seu discurso, o presidente da Associação dos Produtores de Leite do Boi Jaguá, Aldecir Roberto Fernandes, o “Chicão”, um dos responsáveis reivindicação dos equipamentos, disse que só tem a agradecer ao deputado federal, Dagoberto Nogueira, por ter atendido ao seu pedido, mesmo ele não fazendo mais parte da Câmara Municipal de Vereadores. Chicão disse ainda, que dos três equipamentos adquiridos, um já estava sendo utilizado antes mesmo da entrega oficial, devido à necessidade.


Para o prefeito Mateus Palma de Farias (PR), a aquisição dos tanques de resfriamento de leite vai possibilitar o melhor aproveitamento do produto no campo com a utilização da tecnologia disponível. “O nosso apoio ao pequeno produtor tem também o objetivo de evitar o êxodo rural e promover qualidade de vida no campo”, disse o prefeito. Em relação ao trabalho de Dagoberto Nogueira, Farias ressaltou que “o deputado pode continuar plantando aqui (em Caarapó), que no momento oportuno vai colher bons frutos”.

Farias fez menção ao apoio que tem recebido da Câmara de Vereadores, “sem distinção de coloração partidária ou tendência política”. Ele declarou que os vereadores têm tido maturidade suficiente para colocar os interesses de Caarapó acima de outros que possam interferir negativamente no processo de crescimento vivido pelo Município. “Esse apoio também estamos tendo dos funcionários municipais”, ressaltou.

A solenidade foi prestigiada pelo presidente da Câmara, Manoel Batista de Souza (DEM) e pelos vereadores Professor Pontinha (PT), Tereza Di Domenico (PMDB), Cido Santos (PR), Toninho Lima (PRB) e Odair Bortoloti (PMN), secretários municipais Valter de Oliveira (Desenvolvimento Econômico), Roberto Maitan (Obras), Apolinário Candado (Educação e Esportes), Évinei Arce da Silva Oliveira (Ação Social) e pelo chefe de gabinete Chirato Alves Vieira, além de representantes de associações de produtores rurais e de instituições financeiras e de classe.

Segundo a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, o Município de Caarapó possui seis associações de produtores de leite, integradas por 280 sócios. A produção anual é de 7 milhões de litros de leite, que são comercializados junto a empresas do Estado.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE