PUBLICIDADE
Geral

Depois do gato, esposa de vereador tem Bolsa Família

| TV MORENA


Depois do escândalo do gato Billy, animal de estimação da esposa do ex-coordenador do Bolsa Família, a cidade de Antonio João, a 377 quilômetros de Campo Grande, está às voltas com no caso de fraude no Fome Zero. Ao iniciar o recadastramento das famílias atendidas pelo programa, a Secretaria de Assistência Social do município encontrou o nome da esposa de um vereador na lista de beneficiários.


Denise Rios de Araújo pediu inclusão no programa Fome Zero em maio de 2002. Ficou cadastrada durante quatro anos, período em que o marido, Ramon Valdir Ribas de Araújo, exerceu o primeiro mandato de vereador.


Segundo a secretária de Assistência Social de Antonio João, Neuza Carrilo, ainda não h[á levantamento sobre a irregularidade. Ela solicitou extratos por meio eletrônico, mas o sistema só libera comprovante dos últimos três pagamentos. Ela disse que está encaminhando ofício à Caixa Econômica Federal para apurar o montante dos benefícios sacadas pela esposa do vereador que estaria cadastrada irregularmente por não se enquadrar na faixa de famílias abaixo da linha de pobreza.


Ramon alega que a esposa teve o benefício cancelado um ano e meio depois que assumiu o mandato, mas o nome dela permaneceu no cadastro até o ano passado.


O vereador disse que no ano passado, junto com a esposa, devolveu o cartão. A Secretaria de Assistência Social apura, agora, quanto que a mulher do vereador recebeu do programa.



Segundo a nova coordenadora do Bolsa Família em Antonio João, Odete Nunes, o nome no cadastro não significa que o benefício foi pago porque há famílias que não receberam o cartão e outras que tiveram o pedido negado. Mas no caso da esposa do vereador, ela usou o cartão pelo menos durante quatro anos.
iniciaCorpo("12;11;14;12;16;13;18;14");

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE