PUBLICIDADE
Caarapó

Vendas de carros aumenta mais de 30% com redução do IPI

| DOURADOSNEWS


A redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) em Dourados propiciou um aumento de vendas de carros novos na maioria das concessionárias da cidade de 30% a 45%.


Com o desconto, o governo federal proporcionou, até 31 de março, que os carros 1.0 tiveram a alíquota baixada de 7% para zero. Já para os carros com até 2000 cilindradas, a redução foi 50%. Antes esse índice era apenas de 13%. Camionetes também tiveram o imposto reduzido à zero.


Segundo Fernando E. Kawaguti, gerente de vendas da Fiat, as condições de compras ficaram melhores, os juros caíram e isso contribuiu para o aumento de vendas. Mesmo assim, ele explica que a indústria em dezembro deu uma “freada” devido à crise. Com isso, de acordo com as informações, aumentou a demanda e agora as fábricas devem dobrar a produção para que não faltem carros no estoque. “Tudo o que me entregaram, vendi”, diz o gerente.


As vendas da Ford também aumentaram, mas foram feitas 90% por financiamentos. O gerente de vendas Emerson Sukuda, no entanto, diz ainda que o usado é venda apenas por conseqüência do novo, já que, geralmente pegam os veículos em troca ou como entrada para os novos. Ele afirma também que carros 1.0 venderam mais com a redução do IPI.


Já para Flávio Menegati, gerente de vendas da Condovel, a venda de carro novo está “excelente”, e o que atrapalha são os carros usados. Isso ocorre, para ele, porque as condições de financiamentos e cadastros estão mais rigorosas. “Estaria 60% melhor se o usado tivesse a mesma saída que os novos”, diz ele. Segundo Flávio, os clientes querem trocar, mas não têm mais consumidores para isso. Mesmo assim, ele acredita que a procura deve aumentar em março e que já existem vários pedidos de carros, inclusive de produtores rurais.


Ivan melo, gerente de vendas da Chevrolet, acredita que mesmo com a redução do IPI, o aquecimento não ocorreu. Para ele, apenas manteve as vendas, sem evolução e o que pode acontecer é um aumento de vendas com a finalização da alíquota.


A redução do IPI é válida até dia 31 de março.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE