PUBLICIDADE
Caarapó

PM de Chapadão é preso por atirar na esposa, grávida

| DOURADOSINFORMA


O cabo da Polícia Militar Lira, de 47 anos, foi preso ontem à tarde em Chapadão do Sul por atirar na esposa, Lúbia de Jesus Silva, 19 anos, grávida de quatro meses. Ele foi trazido para o presídio militar de Campo Grande e Lúbia para a Santa Casa.


Conforme informações apuradas pelo site Jovem Sul News, a jovem relatou que Lira a levou para um matagal próximo ao rio Aporé, a sete quilômetros da cidade, onde tentou matá-la.


Segundo o pai da vítima, Elias Rodrigues Silva, ela disse que primeiro levou uma coronhada na cabeça e desmaiou. Ao retomar a consciência, teria sofrido nova coronhada e um tiro no tórax, abaixo do braço.


Ela pediu água ao policial, que tirou a blusa da moça e foi até o rio para encharcar a peça de roupa. Lúbia aproveitou a ausência do policial e fugiu. Ela chegou a um posto fiscal existente BR-060 e pediu socorro.


Lira foi detido e autuado em flagrante. Ele disse que só falaria em juízo.


O pai de Lúbia acredita que o crime possa ser passional, porque o policial sempre demonstrou ter ciúmes da mulher, que tem um filho com outro homem.

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE