PUBLICIDADE
Caarapó

Projeto Pingo D’Água presta atendimento em Caarapó

O trabalho é desenvolvido em um ônibus adaptado que conta com estrutura odontológica completa.

| ASSESSORIA



Com a proposta de levar atendimento odontológico às comunidades rurais, o projeto Pingo D’Água realizou no município de Caarapó uma série de atendimentos. O trabalho é desenvolvido em um ônibus adaptado que conta com uma estrutura odontológica completa. As atividades desenvolvidas são tratamentos, obturações, limpezas, extrações e aplicações de flúor. Entre atendimentos e procedimentos, aproximadamente mil pessoas foram atendidas.
 

De acordo com o médico odontológico Lucas Fonseca Bedani, este trabalho é realizado em todos os municípios do Estado através do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR/MS) em parceria com o Sindicato Rural de Caarapó, a Federação de Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso do Sul (Famasul) e a prefeitura.
  Bedani disse ainda que o público alvo geralmente são os trabalhadores, produtores rurais e seus familiares, em regime de economia familiar. O ônibus encontra-se no município desde o começo do mês de abril. Neste período, o projeto Pingo D’Água prestou atendimentos no assentamento Nossa senhora do Carmo, no Parque de Exposições e aos integrantes do Programa de Erradicação ao Trabalho Infantil (Peti).
  Segundo o secretário de Saúde Paulo Cesar Gonçalves, este trabalho é muito importante. “Apesar da administração municipal se preocupar cada vez mais em melhorar a qualidade da saúde no município, projetos como estes só vêm a somar. Não é toda hora que as pessoas da zona rural têm tempo disponível para estar na cidade para uma necessidade como esta. E com o atendimento indo até eles fica mais fácil”, disse.
  Para o secretário de Administração e Finanças, Carlos Martins, que no ato de visita ao projeto representou o prefeito Mateus Palma de Farias (PR), este projeto só vem contribuir com a qualidade da saúde do povo sul-mato-grossense, principalmente os da zona rural. “É muito importante que todos se conscientizem sobre a importância da saúde bucal, um dos componentes importantes para o bem-estar do ser humano”, falou.
  Para o secretário administrativo do Sindicato Rural, Adilson Bandeira, o projeto teve o total apoio da diretoria da entidade, que já se prontificou a trazê-lo novamente com data a ser definida. “O trabalho é muito bom, porque também abriu espaço para atendimentos na sede do município”, concluiu.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE