PUBLICIDADE
Caarapó

Casal que venceu concurso de beijo molhado terá segunda lua-de-mel

Lutadores de jiu-jitsu deram beijo de mais de 2 minutos debaixo d'água.


Casados há um mês, Patrícia Aliano, de 28 anos, e Gabriel Barboza, de 25 anos, trocaram um beijo de 2 minutos e 26 segundos debaixo d'água e venceram o concurso de beijo submerso em um parque aquático em Itupeva, a 72 km de São Paulo. Eles passaram a primeira lua-de-mel no Nordeste brasileiro e agora ganharam um final de semana grátis em um hotel de luxo na região de Campinas. "Vamos aproveitar", diz Barboza.
 

Os organizadores afirmam que a competição teve participação de cerca de 400 casais, recrutados entre os frequentadores, mas apenas quatro chegaram à final.
 

Moradores do bairro da Mooca, em São Paulo, Patrícia e Gabriel se conheceram há cerca de três anos e meio e se casaram em 16 de janeiro deste ano. Ele lembra que o primeiro beijo entre os dois durou cerca de cinco minutos, mas naquela época ainda com direito a respiração.


Exultante com a vitória, Patrícia disse que o segredo para ganhar competições desse tipo é treinar muito e ter vontade de vencer. "Ele me segurou ao máximo para a gente conseguir", disse ela. "Ela também me segurou", afirmou ele.


Antes de entrar na piscina, eles contaram ao G1 que conseguiram ficar 2 minutos 15 segundos se beijando fora d'água, mas sem respirar. O casal treina jiu-jitsu, mas Barboza não acha que isso tenha influenciado no desempenho.


Narrador do evento, o DJ Pepe ficou espantado: "Até eu perdi o fôlego, mas eles não perderam", brincou.  Para ele, que assistiu a todo o campeonato, os vencedores brasileiros bateram o desempenho de italianos que disputaram a competição na semana passada.
 

"Nas semifinais, os italianos fizeram 1min29 e eles fizeramm 1min35. Os italianos bateram de novo, com 1min51 e agora eles, os brasileiros, conseguiram retomar o recorde com 2min26."


Noivos há cinco anos, Gabriela Winckler e Jônatas Klava, moradores da Zona Sul de São Paulo, fizeram bonito, mas ficaram em segundo lugar com tempo de 1min58seg. A organização do evento não marcou os tempos finais dos outros dois casais que participaram da final.  


Namorados, Ariane Rocha e Richard Martins, de Santos,  ficaram em terceiro lugar. Na semifinal eles trocaram um beijo de 38 segundos debaixo d'água. 
 

Cadeirante, Andreza de Souza e seu marido, Thiago Alexandro de Souza ficaram em quarto lugar na final, mas antes disso deixaram para trás dezenas de casais. "Na primeira vez, ficamos 42 segundos, mas dessa vez não me lembro", disse ele. "Para mim, o melhor de tudo foi poder brincar", declarou ela.
 

Para a maioria dos participantes, a maior dificuldade do beijo submerso é justamente manter o corpo dentro d'água, porque ao segurar a respiração existe uma tendência natural a boiar.  Os casais também não podiam tocar uns nos outros e nem sair da área demarcada pela organização.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE