PUBLICIDADE
Política

Bancada petista inicia ‘contraponto’ ao governo André

| MIDIAMAX


Um dia após o próprio ex-governador Zeca do PT ter enviado nota à imprensa rebatendo provocações do atual governador André Puccinelli (PMDB),os petistas da Assembléia Legislativa anunciaram que farão o que eles chamam de “contraponto” ao chefe do Executivo estadual.

“O André é louco para casar com Lula, mas chama o Zeca de Ladrão, não dá para aceitar. Mesmo, porque, todos os deputados do PT participaram da administração de Zeca, alguns como deputados e outros indicando pessoas para cargos. Então é uma ofensa que também nos alcança. Faremos um contraponto racional”, anunciou o deputado estadual Paulo Duarte durante entrevista coletiva na Assembléia Legislativa.

Hoje mesmo, os petistas já entraram em ação. O deputado Pedro Kemp cobrou ação mais efetiva do governo no setor de segurança pública. “Foi só o novo governo entrar e houve uma onda de criminalidade neste Estado. Não estava assim no governo Zeca”, disse o parlamentar durante discurso na tribuna.

Duarte adiantou que o próximo foco será a questão social. “Vou perguntar, por exemplo, de quem é a responsabilidade pelo fechamento do Restaurante Prato Popular, criado na gestão do Zeca”, diz em referência ao estabelecimento que servia almoço a R$ 1,00 no Bairro Lageado, em Campo Grande.

Em resposta a Pedro Kemp, o líder do governo Youssif Domingos (PMDB) informou que trará dados à Assembléia comprovando que o Estado tem investido na área de Segurança Pública, valores que superam a gestão anterior.

Além do mais citou a contratação de 1,5 mil policiais militares, compra de armamentos e de 603 viaturas como medidas adotadas pelo governador para resolver o problema da segurança pública.

iniciaCorpo("15;12;16;13;17;14;18;15");

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE