PUBLICIDADE
Geral

Com tolerância “zero” ao álcool, PRF inicia Operação Carnaval

| DOURADOSINFORMA


Oito meses depois do governo brasileiro apertar o cerco aos motoristas adeptos da mistura álcool e direção, a Polícia Rodoviária Federal inicia na próxima sexta-feira (20/02) a primeira Operação Carnaval de sua história com tolerância zero a condutores embriagados. Para isso, a PRF recebeu reforço de 200 etilômetros comprados pelo Ministério da Justiça com verba do Programa Nacional de Segurança com Cidadania (PRONASCI).


A operação da PRF começou à 0h de hoje e termina à meia noite de quarta-feira. 400 policias, segundo o inspetor De Souza, assessor da Comunicação da Superintendência da PRF no Estado, atuarão nos postos e em barreiras itinerantes nas sete rodovias federais de MS. Na sexta-feira e quarta-feira só haverá expediente para protocolo e retirada de boletim de ocorrência da sede da superintendência, já que o efetivo irá reforçar o trabalho nas estradas.


O álcool continuará no centro das atenções da Polícia Rodoviária Federal durante o feriado mais etílico do ano. De 20 de junho de 2008, quando passou a vigorar a lei 11.705, até 17 de fevereiro de 2009, os 500 etilômetros que a PRF mantêm em operação foram responsáveis pela autuação de 7.013 motoristas, dos quais 4.435 (63%) acabaram presos.


Nos próximos seis dias, a PRF vai reforçar a presença nos corredores viários com tendência a congestionamentos e retenções, melhorando a fluidez do tráfego e a segurança nestes locais. Já nos trechos propensos à velocidade, como retas e vias de pista dupla, os 500 radares da PRF estarão de prontidão para conter a sanha dos mais apressados.


Entre zero hora de sexta e meia-noite da quarta-feira de Cinzas (25/02), todo o efetivo de 9.600 agentes da PRF se revezará na fiscalização dos 62 mil quilômetros de rodovias federais. O contingente será apoiado por duas mil viaturas de policiamento e resgate, além de seis helicópteros. Durante a Operação Carnaval de 2008, a Polícia Rodoviária Federal contabilizou 2.396 acidentes, 128 mortes e 1.472 feridos.


Restrição a veículos longos – O tráfego de caminhões bitrens e cegonhas sofrerá restrição por períodos de até seis horas em vias de pista simples durante o feriado. A medida vale para veículos com ou sem carga, independente de possuírem Autorização Especial de Trânsito (AET).


Quem descumprir a determinação será multado em R$ 85,13 (infração Média), receberá 04 pontos na CNH e permanecerá com o veículo estacionado até liberação pela polícia.
 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE