PUBLICIDADE
Caarapó

Morre garota baleada durante roleta russa em Dourados

| MIDIAMAX


Morreu na noite de ontem, no HU (Hospital Universitário) de Dourados, a garota de 14 anos, moradora na Vila Erondina, que levou um tiro na cabeça na segunda-feira durante uma prática chamada “Roleta Russa”.

A menina não teve sorte. A bala que entrou pela nuca da garota transfixou a cabeça provocando a perda da massa encefálica. Desde a tarde do ferimento ela permanecia internada na Unidade de Tratamento Intensivo.

No dia do fato, a garota teria faltado à aula para tomar tereré com amigos na Vila Cachoeirinha. Ela estaria acompanhada de dois amigos, um de 12 e outro de 13 anos. Um garoto de 14 anos teria sacado um revolver calibre 38 e colocado na cabeça de um dos adolescentes, puxando o gatilho em seguida. O revolver não disparou e ele então teria colocado o revólver na nuca da garota e ao puxar o gatilho, teria disparado. Em estado gravíssimo, a menor foi levada para o Hospital de Urgências e Traumas e posteriormente transferida para o Hospital Universitário.

O pai do autor do disparo prestou depoimento na Delegacia e afirmou que não sabia que o filho possuía uma arma. Roleta Russa é o nome da prática em que um revólver municiado com apenas uma bala é apontado para uma pessoa. Ao puxar o gatilho, a pessoa conta com a sorte para que não seja a vez do disparo, já que o tambor é girado antes de disparar.

iniciaCorpo("15;12;16;13;17;14;18;15");

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE