PUBLICIDADE
Caarapó

Caarapó tem a gasolina mais cara do estado

Gasolina dos postos de Caarapó é mais cara que as dos postos de Dourados que foi considerado pela (ANP) como a mais cara do estado.

| CAARAPONEWS


 

Pesquisa da Agência Nacional do Petróleo (ANP) revelou que postos de gasolina de Dourados lideram o ranking de preços mais caros do estado de Mato Grosso do Sul (R$ 2,831). A pesquisa foi realizada entre os dias 15 e 21 deste mês revelaram também que MS está em 11º lugar com o maior preço praticado entre os estados brasileiros. Seguido de Dourados estão às cidades de Paranaíba (2,795), Nova Andradina (R$ 2,793), Três Lagoas (R$ 2,789), Corumbá (R$ 2,787), Coxim (R$ 2,782), Ponta Porã (R$ 2,780) e Campo Grande (R$ 2,601), segundo a (ANP).

 

Mas o CaarapoNews foi aos postos de combustíveis de Caarapó, e notou que ou a pesquisa está equivocada ou ela não passou por nosso município, pois nos quatro postos que estão funcionando na cidade, todos tem o mesmo preço, de (R$ 2,89)à vista e varia entre (R$ 3,09) e (R$ 3,10) a prazo, ou seja o valor do combustível em Caarapó está pelo menos 6 centavos mais caro do que em Dourados. E isso não é novidade para ninguém, quem visita a cidade vizinha de Dourados e abastece seu veiculo por lá, sabe que o combustível em Caarapó sempre foi mais caro, mas o que é mais grave é que todos os postos de combustíveis do município de Caarapó estipularam o mesmo valor, deixando o consumidor sem muitas alternativas.

Segundo a mesma pesquisa, Mato Grosso (MT) lidera o ranking com o preço mais elevado (R$ 2,92), seguido do Acre (R$ 2,919), Alagoas (R$ 2,831), Tocantins (R$ 2,750), Maranhão (R$ 2,745), Espírito Santo (R$ 2,687), Pernambuco (R$ 2,665), Roraima (R$ 2,659) e Mato Grosso do Sul (R$ 2,620). Já no Paraná, o consumidor encontra o preço médio da gasolina mais barato, a R$ 2,401. Conforme o Sinpetro/MS (Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis Automotivos, Lubrificantes e Lojas de Conveniência de Mato Grosso do Sul), os donos dos postos de combustíveis são livres para estipular o preço que desejarem, pois não há mais controle de valores.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE