PUBLICIDADE
Política

André cogita vice do PMDB ou PDT para tentar reeleição

| DOURADOSAGORA


   
O governador André Puccinelli (PMDB), virtual candidato a um novo mandato nas eleições do ano que vem, já sinaliza que o companheiro de chapa nessa disputa poderá ser do PMDB, consolidando antigo desejo de “chapa pura” ou mesmo de um outro partido aliado, como o PDT que também é cortejado pelo ex-governador Zeca doPT na hipótese deste conseguir viabilizar a candidatura ao Governo.

Esta semana, em Três Lagoas, Puccinelli sugeriu que a prefeita de Três Lagoas, Simone Tebet (PMDB) poderia “até vir a ser governadora”, indicando a possibilidade dela ser candidata a vice na chapa dele.

O governador pensa em voltar ao Congresso Nacional, como deputado federal (cargo máximo na escala nacional que pode disputar, por ser de origem italiana) a partir de 2012 e, assim, deixaria o PMDB no comando de Mato Grosso do Sul.


Caso venha optar por segurar o PDT na base aliada – e aí teria também condições de “reivindicar” o apoio do prefeito Ari Artuzi à candidatura – André cogita a hipótese de ter  o deputado estadual Ary Rigo como vice.

Desta forma, a região da Grande Dourados estaria contemplada e não teria como reclamar pelo atual vice Murilo Zauith (DEM)  vir a ser “descartado”, da mesma forma que abre nova frente eleitoral para o democrata Zé Teixeira na campanha à reeleição para a Assembléia Legislativa.
 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE