PUBLICIDADE
Caarapó

Mulheres levavam quase 10 kg de cocaína em fraldões

| MIDIAMAX


Duas senhoras bolivianas, uma idosa, foram usadas pelo narcotráfico como ‘mulas’ para transporte de cocaína. Elas usavam fraldões recheados de droga. Albertina Cespedes Oliveira, de 77 anos, carregava 4.386 quilos da droga no fraldão, enquanto Betty Torrico Rojas Carrillo, 50 anos, levava outros 5.182 quilos.
 

Elas foram abordadas durante fiscalização em um ônibus que faz o itinerário entre Campo Grande e São Paulo. Já tinham vindo de Corumbá até a Capital, sem levantar suspeitas. Foram barradas já no posto 21, na saída para São Paulo, na rodovia BR-163. Os policiais desconfiaram do nervosismo das duas mulheres e do volume exagerado sob as roupas.
 

Quando perceberam que haviam sido descobertas, as mulheres confessaram. Disseram que tinham sido abordadas, ainda na Bolívia, por uma mulher (também boliviana) que teria oferecido US$ 500 para elas fazerem o transporte da droga. Elas foram embarcadas em um ônibus durante a noite da quinta-feira com destino a Campo Grande, de onde seguiriam para São Paulo, em outro ônibus.

iniciaCorpo("15;12;16;13;17;14;18;15");


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE