PUBLICIDADE
Paulistão

Misto do Palmeiras titubeia, mas bate Guarani e mantém liderança

| FOLHA ON-LINE


Jogando sem seus principais jogadores, o Palmeiras derrotou o Guarani por 1 a 0, neste sábado, e manteve a liderança do Campeonato Paulista. Jogando no Parque Antactica, a equipe alviverde desperdiçou uma cobrança de pênalti na primeira etapa e empatava até os 35min, quando Deyvid Sacconi anotou o gol da vitória.
 

Após 11 rodadas e com um jogo ainda a cumprir, o Palmeiras se mantém líder, com 28 pontos. Na sequência aparecem Corinthians, com 24, e São Paulo, com 23, que jogam neste domingo pela jornada e precisam vencer para não deixar o rival abrir vantagem.
 

Esta foi a terceira atuação do "time misto" do Palmeiras no Paulista. No dia 1º de fevereiro, contra a também campinense Ponte Preta (vitória por 3 a 2) e no dia 14, contra o Paulista (vitória por 1 a 0), Luxemburgo poupou grande parte dos jogadores que mantinham sequência no time titula.
 

Desta vez, os titulares ficam de fora focando o próximo jogo da Libertadores, terça-feira, contra o chileno Colo Colo, em São Paulo. Além disso, no domingo, 8, enfrenta o arquirrival Corinthians pelo Paulista, jogo que pode valer a liderança do estadual.
 

A partida
 

O jogo começou com mais pressão por parte do alviverde de Campinas, que criou mais e teve chances de gol, principalmente chutando de longa distância. Até então, o Palmeiras respondia majoritariamente com Lenny, puxando jogadas em velocidade.
 

No final da primeira etapa, o time de Luxemburgo melhorou, e Marquinhos começou a aparecer. O atacante recebeu quase na pequena área e chutou em cima do goleiro, em lance polêmico que seria dado como irregular por impedimento.
 

Após reclamar pênalti em duas jogadas na área do Guarani, a torcida palmeirense viu, já no primeiro minuto de acréscimo, Lenny invadir a área pela direita e ser plasticamente derrubado. O árbitro assinalou pênalti. Marquinhos chamou a responsabilidade e bateu para fora.
 

Ainda na primeira etapa, Marcos avisou que não conseguiria continuar em campo, e foi substituído no intervalo. Bruno assumiu a meta.
 

O Palmeiras voltou com mais vontade. Dava início às jogadas, mas não conseguia o desenvolvimento esperado. Luxemburgo promoveu a entrada de atacante paraguaio Ortigoza no lugar do zagueiro Maurício, transitando do 3-5-2 para o esquema com quatro meias. Marquinhos, posteriormente, deu lugar a Deyvid Sacconi, também meia.
 

Aos 35min, os dois jogadores que saíram do banco fizeram a diferença no lado palmeirense. Ortigoza enfiou bela bola para Sacconi, que entrou na área, passou pelo goleiro e empurrou para o gol vazio.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE