PUBLICIDADE
Política

Vereadora de Juti é cassada por compra de votos

A vereadora mais votada da cidade de Juti-MS, teve seu mandato cassado por compra de votos

| CAARAPONEWS


Por André Nezzi

A vereadora mais votada do município de Juti-MS, Alessandra Biazotti Santoro (PMDB), teve seu mandato cassado por compra de votos e promessa de cargos públicos nas eleições de outubro de 2008.

A ação de impugnação de mandato eletivo, formulada pela Promotora de Justiça Eleitoral Dra.Fabricia Barbosa Lima, foi julgada procedente nesta quinta-feira (26), pelo Juiz Eleitoral da comarca de Caarapó, Dr. Fernando Chemin Cury, também responsável pelo município de Juti.

A vereadora também terá que pagar multa de dez mil UFIRs. Condenado em primeira instância, Alessandra Biazotti pode recorrer da decisão no TRE.
 

De acordo com a Promotora Fabricia Barbosa Lima, que concedeu entrevista exclusiva ao CaarapoNews, a vereadora distribuiu materiais de construção e ofereceu cargos públicos a eleitores de Juti. 
 
Ainda segundo a Promotora, o candidato Pedro Rocha, o Pedrão (PMDB), derrotado pelo atual prefeito Ricardo Justino, o Grilo (PSDB), na última eleição municipal também em Juti, foi multado em oito mil UFIRs por compra de votos.
  No lugar da vereadora cassada deverá assumir Delsa Fernandes Flores, primeira suplente da coligação.

     

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE