PUBLICIDADE
Caarapó

Depois de duas décadas, Caarapó volta a sediar jogos da Copa Morena

FV/Realizza (Caarapó) e Piratini (Nova América) representam o município.

| CAARAPONEWS


Por André Nezzi


Após 20 anos, Caarapó volta a ser uma das sedes da tradicional Copa Morena de Futsal. Nos dias 13 e 14 de março, será disputada na cidade jogos de uma das chaves da maior competição do salonismo sul-mato-grossense, que está na 31ª edição e reúne equipes de todo o Estado.

A FV/Realizza - que conta com jogadores tarimbados, como Lucas Cabral, Carlos Ashiley e Afeife, entre outros-, será uma das representantes do município.

De acordo com o diretor da equipe, Evandro Francisconi, o “Tucano”, responsável direto por trazer uma das sedes para Caarapó, passar da primeira fase da competição é a meta da equipe, o que seria um fato inédito para o município. “O que vier depois é lucro, mas temos time para ir longe na competição, pelo menos chegar às semifinais”, afirmou o dirigente ao CaarapoNews.

Em Caarapó, além da FV/Realizza, Aral Moreira, Glória de Dourados e Sidrolândia compõem a chave. O time caarapoense estréia no dia 13 de março, uma sexta-feira, às 20h30, contra Glória de Dourados, no Ginásio Municipal de Esportes. A rádio Nova Difusora em parceria com o CaarapoNews em cadeia com a rádio de Glória de Dourados transmitem as partidas.

Outra equipe de Caarapó na Copa Morena é a Piratini, composta por atletas pratas da casa, que vai disputar os jogos em Dourados. A chave da agremiação caarapoense é composta ainda por Sete de Setembro, UFGD, ambas de Dourados, e Sabo, de Ponta Porã. A estréia da Piratini será na próxima sexta-feira (6), às 17h30, contra o Sabo.

Segundo o treinador Luís Klaus, o Tokinho, a Piratini espera surpreender os adversários, que já têm experiência na competição. “Fizemos uma boa preparação e vamos correr por fora, para surpreender as demais equipes da chave”, disse.

O elenco da Piratini é formado pelos atletas; Edvan, Pipoca, Fred, Tição, Tiago Pancoti, Vinicius, Lequinha, Alisson, Jhonatan, Rafinha, Clineu e Nilsinho. (Colaborou Dilermano Alves).

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE