PUBLICIDADE
Caarapó

Disputa pelo comando do tráfico mata mais dois na fronteira

| REPóRTER MS


Mais duas pessoas teriam sido executadas sumariamente na disputa pelo comando do tráfico de maconha na região de fronteira do Brasil com o Paraguai.


Nicolas Rojas Bogado, 25 anos, teve a casa invadida na cidade de Ypehú, na fronteira com Paranhos. Homens armados lhe renderam, amarraram mãos e pés com arame e depois o levaram até a casa de seu primo, Reinaldo Rojas Servin, de 27 anos, que também foi dominado pelos pistoleiros.


Em seguida, os dois foram executados com tiros de escopeta calibre 12. A Polícia Nacional informou ao Repórter MS que os dois foram executados provavelmente pela disputa de áreas de plantio de maconha em território paraguaio. Até agora pela manhã, os policiais não tinham nenhuma pista que pudesse levar aos autores.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE