PUBLICIDADE
Agronegocios

Produção de grãos em Amambai foi 30% menor este ano

| A GAZETA


As informações repassadas na semana passada a respeito da safra de grãos 2008/2009 foram plenamente confirmadas em reunião realizada no último dia 12 de março, no Sindicato Rural de Amambai, com a presença de técnicos agrícolas, engenheiros agrônomos e produtores rurais, todos com vasta experiência no acompanhamento da produção agrícola.


Os dados fornecidos pelo técnico agrícola Sérgio Costa Curta e ratificados pelo engenheiro agrônomo Adalberto Favilla, davam conta da estiagem verificada em quatro das últimas seis safras, o que levou grande parte dos produtores a ficarem endividados com os órgãos financiadores dos custeios e que influiu decisivamente na economia do município, em que 64 por cento de seu PIB está baseado no agronegócio.
 

Outro fator importante para a baixa produtividade foram os altos custos dos insumos, sobretudo de fertilizantes, que tiveram aumentos de preço na ordem de 70 por cento, sem contar os produtos para combater a sempre temível “ferrugem asiática”.
 

Com a seca e custos elevadíssimos, chega a ser desestimulante para uma boa parte dos produtores, que na safra de 2008/2009 mantiveram a mesma área cultivada de soja na safra 2007/2008, e com as perdas já confirmadas por todos os presentes na reunião, de 27,5 por cento da produtividade esperada, os 43 mil hectares de soja plantados produzirão cerca de 93,5 toneladas ou mais de 1,5 milhão de sacas. Detalhe: alguns dos presentes na reunião acreditam até em perdas maiores, mas a média deve ficar mesmo nos dados acima.

 

Segundo os especialistas, o vilão dessa vez deve ser o milho, que é a cultura que deve ter a queda mais expressiva de produção em todo o estado. O milho também manteve a mesma área cultivada na safra passada, de 3 mil hectares em todo o município, no entanto sofreu uma queda maior na produtividade, estimada em torno de 60 por cento, o que renderá apenas 6,8 toneladas, muito distante da previsão inicial, de 17 mil toneladas.
 

Comparando com os dados fornecidos pela Conab, na semana passada, o município de Amambai teve uma frustração de safra muito acima da média estadual, o que certamente levará o produtor local a enfrentar inúmeros problemas para quitar os compromissos assumidos para o plantio de grãos nessa temporada.(Antonio Luiz)

iniciaCorpo("15;12;16;13;17;14;18;15");

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE