PUBLICIDADE
Geral

Crise põe 3 bancos brasileiros entre os mais lucrativos das Américas

| UOL


Como consequência da crise financeira internacional, três bancos brasileiros entraram no ranking dos cinco mais lucrativos das Américas: Banco do Brasil, Itaú e Bradesco. Os dados foram compilados pela consultoria Economatica.


O Banco do Brasil (BBAS3) deu um salto da 12ª posição em 2007 para a 3ª no ano passado, tendo seu lucro subido de US$ 2,856 bilhões para US$ 3,767 bilhões. A pesquisa considera apenas bancos de capital aberto e não inclui o Canadá.


O avanço relativo dos bancos nacionais se deu muito mais pelas perdas do setor financeiro americano do que pelos ganhos do brasileiro.


O Bradesco (BBDC4) e o Itaú (ITAU4), apesar de terem verificado uma queda no lucro, subiram de posição. Eles estavam em 6º e 7º lugar em 2007, respectivamente, e encerraram o ano passado em 5º e 4º. O dado do Itaú considera a fusão com o Unibanco.


O JP Morgan Chase e o Bank of America, ambos dos Estados Unidos, mantiveram-se na liderança, apesar da queda brutal no lucro.


O primeiro havia obtido ganhos de US$ 15,365 bilhões em 2007, mas encerrou o ano passado com US$ 5,605 bilhões. O segundo lucrara US$ 14,982 bi em 2007, e passou para US$ 4,008 bilhões.


O Santander Brasil (SANB4) é o próximo brasileiro da lista de 2008, na 17ª posição, com lucro de US$ 676 milhões. As unidades mexicana e chilena do banco espanhol também estão no ranking, em 18º e 20º lugar, respectivamente.


Todos os demais bancos entre os 20 primeiros do ranking são dos EUA, o que mostra que, apesar da crise internacional, o gigantesco sistema financeiro americano ainda lidera na região.


Citigroup

A principal ausência no ranking foi o Citigroup. O grupo financeiro, que já foi o maior dos Estados Unidos, aparecia na lista de 2007 em 10º lugar, e desapareceu do ranking depois de acumular perdas de US$ 37,5 bilhões nos últimos 15 meses.


O também americano Wells Fargo, um dos menos afetados pela crise, reduziu seu lucro de US$ 8,057 bilhões em 2007 para US$ 2,665 bilhões no ano passado, após a compra do Wachovia, este fortemente atingido.


BB: o mais rentável do continente

Entre os 20 bancos mais lucrativos das Américas, o Banco do Brasil é o mais rentável, segundo a pesquisa da Economatica. A consultoria usou um índice que contempla a proporção da rentabilidade em relação ao patrimônio.


No caso do BB, o índice atingiu 32,5%. Em seguida vêm o Bradesco (23,6%), o American Express (23,6%), o Santander Chile (21,8%) e o Itaú (21,5%). O Santander Brasil fica em 8º lugar no ranking de rentabilidade, com 12,6%.

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE