PUBLICIDADE
Caarapó

Força Tática voltou a realizar operação em Caarapó

Policiais realizaram arrastão por bares e ruas do município.

| CAARAPONEWS


Por André Nezzi

A Polícia Militar de Caarapó contou na noite do último sábado (21), com apoio de uma equipe da Força Tática de Dourados que realizou operação nas ruas da cidade, visando combater a criminalidade que tem aumentado consideravelmente no município.
 

De acordo com o sargento Vagner Diniz, que esteve à frente da operação que contou com duas viaturas e seis soldados preparados e bem armados, a intenção é agir preventivamente, desarmando e coibindo a ação de marginais.
  A operação policial vem ao encontro com as declarações feitas tanto pelo Comandante da Polícia Militar de Caarapó, Capitão Carlos Magno da Silva e também do Comandante do Terceiro Batalhão da PM de Dourados que abrange Caarapó, Tenente Coronel Guilherme Gonçalves, que já haviam adiantado ao CaarapoNews, que tais medidas seriam tomadas para combater a criminalidade na cidade.
  “Espero que a população compreenda a ação da Força Tática, que é composta por policiais de fora que não conhecem ninguém. Talvez eles possam abordar um cidadão de bem e pedir para que coloque as mãos na parede, um procedimento normal de abordagem, pode ser constrangedor, mas é necessário” disse na ocasião o Coronel.
  Com a permissão do sargento Vagner Diniz, a reportagem do CaarapoNews acompanhou a ação policial na noite de sábado. A Força Tática realizou um arrastão por bares e ruas do município abordando pessoas em atitude suspeitas.
  O CaarapoNews ouviu comerciantes e pessoas abordadas.  A maioria aprovou a ação dos policiais. “Gostaria que eles fizessem isso sempre aqui no meu bar, pois trabalhamos tranquilos sabendo que ninguém está armado”, disse o comerciante João Claúdio (47).
  Já Eleomar Araujo (31), disse ficar constrangido sendo abordado, mas também aprova a ação, “é chato ser abordado, porém, com essa onda de violência em nossa cidade, entendo que é necessário”, afirma.
  Segundo o Coronel Guilherme Gonçalves, essas operações irão continuar constantemente em Caarapó, sem data fixa para acontecer. “É uma maneira também de minimizarmos a falta de um efetivo policial maior na cidade”, lembrou.
  O comandante da PM em Caarapó, Capitão Carlos Magno, afirmou que mesmo nos dias em que não contar com o reforço da Força Tática, a Polícia Militar estará atuando durante a madrugada, “vamos atuar na prevenção, pois somente o combate aos efeitos não é suficiente”, disse.

Essa foi a segunda ação da Força Tática em Caarapó. No final de semana passado, operação parecida foi realizada, na ocasião, um jovem armado com um revóver calibre 38 e com uma máscara do "Homem Aranha" foi preso pelos policias durante abordagem.

               

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE