PUBLICIDADE
Caarapó

PRF apreende 16,5 quilos de cocaína preta

| ASSESSORIA


Uma mulher foi presa com 16,5 quilos de cocaína neste sábado (21) pela Polícia Rodoviária Federal, em um ônibus de linha intermunicipal, que vinha de Corumbá, sentido a Campo Grande. A droga estava escondida em um bote inflável.
 

O ônibus foi abordado em uma fiscalização de rotina no município de Miranda, na rodovia BR-262. A auxiliar de enfermagem Deize Ferreira da Silva, 42 anos, moradora em Cuiabá, afirmou para os agentes que estava fazendo um favor para uma amiga, que pagaria R$ 2 mil pelo serviço. A suposta amiga, namorada de um esportista que reside na África, precisava de alguém para pegar um presente para seu namorado e levar até ele.
 

Ela ficou desconfiada, mas aceitou a oferta, pois precisava do dinheiro, para visitar sua filha que mora na Espanha. Deize chegou em Corumbá e foi recebida no hotel da cidade por uma mulher com o bote inflável, que entregou apenas no outro dia já embrulhado.
 

Em Campo Grande, ela embarcaria para São Paulo, depois até Johannesburg (África do Sul) e depois para Accra (Gana), chegando ao destino final na segunda-feira (23).
 

Os policiais abriram o bote e avistaram uma camada negra e mole, parecida com uma massa plástica, e passaram o reagente (narcoteste) que nada acusou. Então cortaram um pedaço da camada negra e submeteram ao aquecimento (fogo), até passar para o estado líquido e realizaram, novamente, teste, que tomou a cor azulada, característica da presença de cocaína.

 

A passageira e o bote inteiro foram encaminhados para a Sede da Superintendência da Polícia Federal em Campo Grande.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE