PUBLICIDADE
Caarapó

Homem é preso na Bahia acusado de matar bebê usando uma furadeira

| UOL


 Polícia Civil de Ilhéus, no sul da Bahia, prendeu nesta quinta-feira (26) o mecânico Diego Santos Silva, 25, acusado de matar um bebê de um 1 ano e 9 meses usando uma furadeira. Segundo a delegada plantonista Magda Figueiredo, o homem invadiu a casa da família do bebê Daniel Andrade Bonfim na última terça (24) e, depois de não encontrar os pais da criança, agrediu o menino com golpes da broca da furadeira em sua cabeça e ouvido. Caçula de uma família de quatro filhos, o garoto foi agredido na presença de sua irmã mais velha, de 10 anos, que saiu gritando por socorro, e de um irmão de cinco anos.


A criança foi encontrada inconsciente pela mãe e chegou a ser levada para um hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu após um dia de internação. A polícia chegou até o criminoso após o depoimento do irmão da vítima, de 5 anos de idade, que apontou o criminoso. O acusado foi indiciado por lesão corporal grave seguida de morte.


De acordo com a delegada, os pais da criança morta, cujos nomes não foram divulgados, confessaram ser usuários de crack e costumavam consumir a droga em casa, na presença dos filhos.


A polícia investiga se os pais também estão envolvidos no homicídio, já que durante o depoimento, a mãe do bebê apresentou duas versões sobre a agressão. Inicialmente, ela declarou que tinha saído de casa em companhia do marido e, ao retornarem encontraram o menino ensangüentado. Já no segundo depoimento, mudou a versão, admitindo estar em casa com o marido e Diego fumando crack, quando o pai do bebê saiu para comprar mais drogas, tendo ela se dirigido ao fundo da casa, enquanto Diego ficou num quarto com a vítima e os irmãos.


Até a conclusão dos inquéritos, os outros filhos do casal ficarão recolhidos no Conselho Tutelar do município.
 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE