PUBLICIDADE
Caarapó

Caarapó discute potencialidades turísticas do município

Profissionais do setor hoteleiro, proprietários de bares, lanchonetes e similares e ambientalistas de Caarapó participaram de uma discussão sobre as potencialidades turísticas do município de Caarapó.


  Profissionais do setor hoteleiro, proprietários de bares, lanchonetes e similares e ambientalistas de Caarapó participaram de uma discussão sobre as potencialidades turísticas do município, com técnicas da Fundação de Turismo e Cultura de Mato Grosso do Sul, na manhã da última terça-feira, na Câmara de Vereadores da cidade.  O evento foi promovido pelo Departamento de Turismo e Cultura, vinculado à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico. De acordo com a coordenadora do Departamento de Turismo e Cultura, a vice-prefeita Teresinha Batista (PT), a finalidade da reunião foi dar suporte ao Conselho Municipal de Turismo (COMTUR) e ao Fórum da Região, levantar suas demandas, realizar planejamentos e estratégias a médio e longo prazo. Caarapó faz parte da região intitulada “Caminhos da Fronteira”, com mais 21 municípios.  Além da vice-prefeita Teresinha Aparecida da Silva Batista (PT), que representou o prefeito Mateus Palma de Farias (PR), participaram do encontro o secretário de Desenvolvimento Econômico, Roberto Sanches Nakayama, o secretário de Administração, Finanças e Assuntos Jurídicos, Carlos Martins, o secretário de Educação e Esportes, Ismael Martins Guevara, o presidente da Câmara de Vereadores, Aparecido dos Santos (PR), os vereadores Sergio Sacoman (PP), Manoel de Souza Batista (PRP) e Marinalva de Souza Ferreira da Costa (DEM), o chefe de gabinete do prefeito, Chirato Alves Vieira, e outras autoridades. A reunião teve como palestrantes as técnicas de gerência da Fundação de Turismo e Cultura de Mato Grosso do Sul, Ivone Hermenegildo, Ana Cristina Carvalho Regasso e Camila Brito, que abordaram os indicadores turísticos, planejamentos estratégicos do município, sua importância econômica para o desenvolvimento do estado e sobre a Feira Internacional e I Salão do Turismo de Mato Grosso do Sul, evento marcado o mês de outubro, no Pavilhão de eventos Albano Franco, em Campo Grande.  Teresinha Aparecida Batista da Silva disse que o município precisa de infra-estrutura e serviços capazes de manter o turista com um mínimo de conforto e qualidade durante sua estadia. “Para isso temos que conversar com todos os segmentos envolvidos e, se necessário, promover a capacitação adequada, visando a melhoria da qualidade dos serviços oferecidos, pois a indústria do turismo gera emprego e renda, promovendo o conseqüente desenvolvimento do município”, observou.  O prefeito Mateus Palma de Farias, questionado sobre o assunto, disse que Caarapó tem um potencial muito grande em relação ao turismo de negócios, eventos, gastronômico e artesanato, os quais terão prioridade neste planejamento. “O incentivo ao turismo é uma forma de mostrar nossa cara como também movimentar nossa economia”, declarou o prefeito.(Dilermano Alves)
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE