PUBLICIDADE
capital

Após reinauguração, Hemosul em Campo Grande permanece fechado

| G1 MS


 Após nove meses de obras, a sede do Centro de Hematologia e Hemoterapia deMato Grosso do Sul (Hemosul) emCampo Grande foi reinaugurada, mas o prédio ainda vai permanecer fechado. Reportagem do Bom Dia MS desta terça-feira (30) mostrou que as coletas e o processamento de sangue só serão retomados no prédio em fevereiro de 2015.

A sala de coletas de sangue foi ampliada, há dez cadeiras a mais que a estrutura anterior. A capacidade de atendimento vai passar de 120 para 250 doadores por dia. Salas como a de triagem também estão maiores. As instalações elétricas e hidráulicas foram trocadas.

Segundo o governo do estado, o investimento na reforma foi de cerca de R$ 2,5 milhões. Parte da obra, que deveria ter ficado pronta em outubro, foi concluída esta semana. Ainda falta a instalação dos equipamentos e do sistema que faz comunicação dos dados de coleta com os laboratórios do Hemosul.

Durante o período em que o prédio ficou fechado, as doações caíram cerca de 30%. A média de coleta do Hemosul era de quatro mil bolsas de sangue por mês, atualmente esse número gira em torno de 2,8 mil bolsas que são coletadas no Hospital Universitário, Hospital Regional e Santa Casa. As três unidades vão continuar recebendo a demanda do Hemosul até tudo ficar pronto.

Segundo o secretário estadual de Saúde, Antônio Lastória, o atraso na obra ocorreu por causa de readequações ao projeto inicial e de problemas com licitações. Ainda segundo ele, a empresa responsável pela obra não cumpriu o cronograma antes da data marcada para a reinauguração, por isso o prédio foi entregue sem que a obra esteja concluída.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE