PUBLICIDADE
Caarapó

Caarapó prepara eleição de conselhos escolares

A Secretaria Municipal de Educação de Caarapó está cuidando dos preparativos para a eleição dos conselhos escolares.

| ASSESSORIA


 A Secretaria Municipal de Educação de Caarapó está cuidando dos preparativos para a eleição dos conselhos escolares. O pleito será realizado em todas as unidades da rede municipal de ensino no dia 4 de julho, das 8 às 19h. Cerca de duas mil pessoas deverão participar da eleição.

A professora Ednéia Ricci da Silva, assessora de Políticas em Educação de Caarapó, explicou que o conselho escolar é um órgão colegiado, formado por pais, professores, alunos maiores de doze anos e funcionários.

O Conselho decide sobre questões político-pedagógicas, administrativas e financeiras, dentro da escola. É o espaço de discussão, participação e decisão, que promove e articula a gestão democrática da escola. É composto por 25% de representantes dos professores; 25% de representantes da equipe gestora, técnica auxiliar; 50% de representantes dos pais ou responsáveis de alunos e alunos maiores de doze anos.

“O conselho discute todos os assuntos ligados à escola, como o Projeto Político-Pedagógico, o que se ensina, como se ensina, organização da escola, como se gasta o dinheiro da escola, Regimento Escolar; processo de avaliação, entre outros importantes temas”, explica a professora.

Ela informou ainda que as eleições serão realizadas nos centros municipais de Educação Infantil Aristides Maciel da Silva, Júlio Ushigima, Dona China, Armando Campos Belo e Rita Tereza de Araújo Silva, e nas escolas Rui Barbosa, Professor Moacir Franco de Carvalho, Cândido Lemes dos Santos e Ñandejara-Pólo.Segundo Ednéia Ricci da Silva, está havendo um grande interesse por parte dos pais de alunos.

 “As inscrições foram encerradas ontem, mas desde o início do processo, no fim de maio, já tínhamos um número de candidatos suficiente em todas as unidades”, explicou. “A escola que queremos será possível com a colaboração e o trabalho de várias pessoas, de diferentes histórias e vivências”, concluiu.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE