PUBLICIDADE
Caarapó

Conselho Tutelar de Caarapó nega acusação

Conselheira Tutelar de Caarapó nega acusação feita por Natália Vanessa Oliveira (foto acima), de que teria ameaçado tirar a guarda de seus filhos, caso a mesma não arrumasse uma local adequado para morar.

| CAARAPONEWS


 

O Conselho Tutelar de Caarapó através da conselheira Geraldina Ortega Lugo, negou a acusação feita pela moradora do grupo dos sem-tetos, Natália Vanessa de Morais Oliveira, que disse a reportagem do CaarapoNews que havia sido ameaçada pelo Conselho de perder a guarda de seus filhos caso não arrumasse um local adequado para morar.

 Geraldina disse que Natália deve ter se equivocado, pois em nenhum momento os conselheiros tutelares de Caarapó teriam dito isso a ela, até porque fere os estatutos da entidade, e cita artigo 23 do mesmo como exemplo: “A falta ou carência de recursos materiais não constitui motivo suficiente para a perda ou a suspensão do pátrio poder”. Ainda segundo Geraldina os filhos só são retirados dos pais em caso de maus tratos ou abandono e nesse caso também não é o Conselho Tutelar quem decide, eles apenas encaminham o caso para Ministério Público e esse sim decide o que fazer.

 Geraldina se mostrou surpresa com a acusação de Natalia, pois segundo ela, o Conselho Tutelar já teria ajudado à mesma, inúmeras vezes quando foi necessário. A Conselheira também falou a nossa reportagem que conhece a situação e as dificuldades encontradas por Natália e os demais moradores daquele grupo de famílias, e vai tentar com a Secretaria de Assistência Social do Município, uma ajuda para Natália, visto que a mesma passa por diversas dificuldades para criar suas duas crianças pequenas.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE