PUBLICIDADE
Caarapó

Prefeitura de Caarapó amplia CMEI Dona China

O Centro de Educação Infantil "Dona China", localizado na Vila 70, na sede do Município, está sendo ampliado.

| ASSESSORIA


 A prefeitura de Caarapó, através da Secretaria de Obras, está concluindo a ampliação e reforma do Centro de Educação Infantil “Dona China”, localizado na Vila 70, na sede do Município.

As obras são realizadas com recursos próprios e mais uma doação de R$ 50 mil da empresa Agrenco do Brasil. A previsão de entrega dos serviços é para o fim deste mês.Segundo o chefe do Departamento de Obras e Serviços Urbanos, Jorge Tadeu Lopes, a área construída é de 268 m², compreendendo uma secretaria, uma sala de reunião para professores, duas salas de aula e dois banheiros.

Também foram construídos 198m² de muro, 742 m² de calçada, uma grade de proteção com 24 m de comprimento, além de ampliação do parque infantil. Além dos serviços de ampliação, o atual Cemei Dona China, que possui uma área de 584 m², passou por uma reforma completa, com pintura, instalação elétrica e colocação de azulejos.

Atualmente, o Centro Educacional Infantil Dona China atende 154 crianças na faixa etária de 0 a 6 anos, sendo de 0 a 3 atendimento integral (98) e de 3 a 6 anos pré-escola nos turnos matutinos e vespertinos (56).

 Com a ampliação, o Cemei passará a atender mais 60 crianças que já estão na fila de espera.A administração municipal também adquiriu mais 20 berços com colchões, 45 cobertores, 2 mesas com bancos para refeitório, 45 colchonetes, 1 bebedouro,  além de cobertores, ededrons, cortinas, brinquedos e materiais pedagógicos.

O Cemei Dona China conta com uma equipe de 25 funcionários, entre administrativos e ajudantes de serviços gerais. responde pelo cargo de diretora a professora Rosivani Vera Sanches Góes.O prefeito Mateus Palma de Farias (PR) destacou que a educação tem sido uma de suas prioridades administrativas.

“A ampliação do Cemei Dona China, além de dar melhores  condições de trabalho aos nossos servidores, também irá aumentar o atendimento da demanda que existe nesta área”, concluiu.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE