PUBLICIDADE
Caarapó

Caarapó supera meta de vacinação antipólio

A secretaria Municipal de Saúde de Caarapó encerrou na última quinta-feira (19) a vacinação contra paralisia infantil nas unidades de saúde da cidade e dos distritos de Cristalina e Nova América.

| ASSESSORIA


 

A secretaria Municipal de Saúde de Caarapó encerrou na última quinta-feira (19) a vacinação contra paralisia infantil nas unidades de saúde da cidade e dos distritos de Cristalina e Nova América. Fechados os números da prorrogação da campanha, registrou-se a superação da meta em 1,73%.

O coordenador do Departamento de Vigilância Epidemiológica e Imunização da Secretaria de Saúde de Caarapó, Vilmar Batista dos Santos, explicou que a meta de vacinação era de 2.248 crianças menores de cinco anos, mas foram efetivamente imunizadas 2.287. Segundo ele, a equipe do órgão municipal de saúde fez um esforço concentrado para imunizar as crianças em todo o município, o que levou à superação da meta. “Os pais entenderam a importância da vacinação contra paralisia e, mesmo na prorrogação da campanha, levaram os filhos para tomar a vacina”, observou o coordenador.

A única medida eficaz para manter erradicada a circulação do vírus da paralisia infantil é a vacinação. No Brasil, são realizadas campanhas anualmente para vacinar crianças com até cinco anos de idade, o que aumenta a cobertura contra a poliomielite.

O último caso de paralisia infantil registrado no País ocorreu em Souza, na Paraíba, em 1989. Este ano, segundo a Agência Brasil, 17 países, incluindo Índia, Nigéria, Afeganistão e Paquistão, registraram quase 2 mil casos da doença. Apenas nos primeiros quatro meses de 2007, 214 casos foram registrados em todo o mundo.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE