PUBLICIDADE
Caarapó

Indigena é morta a paulada em Caarapó

Indigena de 107 anos de idade é morta a pauladas em Caarapó.

| SIDNEI BRONKA


A indígena Livrada Francisco Martins de Souza, 107 anos foi morta a golpes de pauladas na noite de ontem na aldeia indígena Guairarocá em Caarapó. O acusado é o esposo da vítima, Adilino Paulo, de 102 anos, pajé daquela comunidade.

Segundo informações de testemunhas o casal consumia grande quantidade de bebidas alcoólicas na noite de ontem. Adilino teria iniciado uma agressão contra a mulher. Ela sofreu lesões pelo corpo, mas principalmente na cabeça. No local do crime a polícia apreendeu um pedaço de pau que continha um prego em uma das pontas.

 Embriagado, segundo a polícia, ele foi detido e encaminhado para a Polícia Civil de Caarapó.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE