PUBLICIDADE
Política

Deputado Neno Razuk propõe criação da Política de Sanitização de Ambientes em MS

| ASSESSORIA


Foto: Assessoria

A ocorrência do novo Coronavírus (Covid-19) tem deixado todos em alerta. Em Mato Grosso do Sul, a exemplo de todo o País, diversas medidas estão sendo adotadas para conter o avanço da doença. Em alguns municípios já se fala em flexibilização do comércio e transporte coletivo, por exemplo, e, pensando nisso, o deputado estadual Neno Razuk propôs que seja instituída no Estado a Política de Sanitização de Ambientes.

Conforme o Projeto de Lei, apresentado pelo deputado, a intenção é que o processo de sanitização seja aplicado em locais fechados de acesso coletivo, públicos ou privados, climatizados ou não, como forma de evitar a transmissão de doenças infectocontagiosas.

Assim, por meio da utilização de métodos que eliminem e impeçam a proliferação de microrganismos prejudiciais à saúde humana e animal, entende-se que será possível reduzir a transmissão tanto do novo Coronavírus, quanto de outros vírus e bactérias causadores de inúmeras doenças.

O projeto também prevê, conforme regulamentação do Poder Executivo, certificação dos locais que receberem a sanitização, o que será oferecido pelas pessoas físicas e jurídicas executoras do trabalho. Outro detalhe é que só poderão ser usados produtos permitidos pela Vigilância Sanitária do Estado, com a devida comprovação e que não causem danos à saúde e ao meio ambiente.

"Em breve tudo vai se restabelecer. Acredito que por meio da sanitização dos ambientes é possível manter uma melhor assepsia dos lugares", disse. Geralmente a limpeza habitual se limita ao chão e aos móveis, com efeito por algumas horas, ao passo que a sanitização é mais intensa, abrangendo paredes e tetos e feita com produtos mais eficazes, reduzindo a incidência de microrganismos críticos para a saúde pública. 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE